Algumas pessoas patinam na vida porque estão aplicando fórmulas antigas em situações novas. Pode ser que o que você fez no passado (e deu certo) já não seja mais útil na fase atual. Na 1ª série era soma e subtração, depois já era Bhaskara… Cada ciclo da sua vida pode exigir uma versão diferente de você, esteja atento para ser a melhor versão possível.

Tradicionalmente, a humanidade recebeu os 10 mandamentos logo após deixar a escravidão no Egito, mas antes de entrar na terra prometida. Muito mais do que regras para restringir o homem, estes mandamentos servem para preparar, guiar, moldar e aperfeiçoar. Onde quer que você esteja na sua jornada, quer esteja lendo esta mensagem em janeiro, no seu aniversário ou numa data qualquer, sempre é tempo de começar agora e fazer um novo fim.

Os mandamentos a seguir sugerem um caminho para você atrair, manter e multiplicar a prosperidade, servindo não só para o dinheiro como também todas as áreas da vida. Uma alma próspera possui vibrações prósperas e, por consequência, manifesta prosperidade.

1. Conheça a ti mesmo 


Antes de começar uma jornada, é preciso saber o objetivo. Qual é o seu propósito de vida? Por que você quer fazer tal coisa? O que significa para você? Foco e perseverança são as principais chaves para o sucesso, mas perseverar por algo que você não sabe o motivo é teimosia vazia. Você quer ser mais espiritual, por quê? Vai começar dieta, por quê? Quais são suas qualidades? O que você precisa mudar? Quais são as prioridades? Meditação, auto estudo e registro (diário) são ótimas ferramentas para detonar este mandamento.

2. Aprenda a lidar com o Macaco da mente

Os budistas o chamam assim, algumas outras religiões vão chamar de “inimigo”. O Macaco da mente é o baderneiro dentro da sua cabeça que sempre tenta te desviar do seu objetivo, que fica te mostrando tudo o que pode dar errado, que te lembra de coisas desnecessárias na hora da meditação, que faz de tudo para te manter dentro da zona do conforto. Ele tem sua utilidade, mas é preciso (acima de tudo) identificar quando é o macaco e quando é seu Eu Superior, e também aprender a lidar com ele, a dizer “ok, mas eu já superei isso e estamos seguindo em frente”. Ou você domina o macaco, ou ele vai te dominar.

3. Tenha seus mantras pessoais

Diga o rejeitado: eu sou aceito. Diga o doente: eu sou saudável. Parafraseando Jesus e adotando suas ideias é possível criar qualquer tipo de mantra que supere a limitação momentânea e crie uma nova realidade. Por isto o mandamento #1 é tão importante. Quando você acha que é incapaz, você pode dizer “eu sou capaz”, e repetir esta afirmação poderosa todos os dias, o tempo todo. Está no trânsito? Eu sou capaz. Está na fila? Eu sou capaz. No elevador? Eu sou capaz. Eu sou capaz. Eu sou capaz. Até esta verdade ser a sua verdade.

4. Cuide do seu corpo

Estamos no mundo físico, mas sabemos que há, é e somos muito mais do que só um corpo. Ainda assim, estamos em um corpo, e este corpo é o templo que abriga um universo de pensamentos e emoções, é a casa da sua alma, do seu Eu intangível. Coma saudavelmente, exercite-se com frequência, equilibre-se. Cuide muito bem deste corpo, ele é o ponto de partida de tudo.

5. Antolho espiritual

Para melhor cumprir o mandamento anterior, nada melhor do que cuidar muito bem da nossa mente e da nossa alma. Antolhos são aqueles tampões que reduzem a visão lateral dos cavalos e evitam que eles se assustem e se distraiam. Antolhos espirituais é aquilo que Jesus disse sobre arrancar um olho caso este te faça pecar. Os olhos são as janelas da alma, tudo o que você vê, principalmente com alta frequência e ou longa duração, alimenta e impregna a sua alma. Quando você vê muita violência, muito pessimismo, muita pobreza (não só no sentido financeiro), sua alma se alimenta daquilo, e é uma péssima nutrição, ela fica fraca e doente, vibra e atrai tudo que se assemelhar àquilo. Não importa que seja ficção ou realidade, reduza ao máximo sua exposição a este tipo de cena, filme, jogo, série, conversas, músicas, etc. (elimine se possível).

6. Faxina

Lembra do UP, quando o Sr. Fredricksen começa a se livrar dos móveis para a casa voltar a voar? Que ensinamento lindo! Serve tanto para as coisas físicas quanto para as emoções, lembranças e pensamentos. Mesmo que tenham sido importantes no passado, muitas coisas (e pessoas) precisam sair de nossas vidas para dar espaço ao novo, para nos deixar mais leves e nos levar até nossos objetivos. Limpe gavetas, armários, cômodos, coração, relacionamentos e mente.

Não importa quais ferramentas você use, se uma oração – eu recomendo Ana Bekoach como a melhor e mais completa. É sempre infalível! Mas pode ser o que for melhor e servir para você – ou Ho’oponopono, limpe seu interior para ser um canal desobstruído de luz e bênçãos! Repita sempre que necessário.

7. Honestidade

Vamos manter isto simples: mentira nunca é boa. Ponto. “Às vezes é necessário”. Será? Toda ação tem uma consequência, mentiras, grandes ou pequenas, têm energia que desestabiliza, desalinha e destrói. Mentira tem perna curta…
Você não tem o poder de magoar alguém, você conta a verdade, e a pessoa decide se dói ou não; se doer, ela vai aprender uma lição. Nem todas as lições são fáceis, mas toda participação na evolução de alguém é valiosa. Muitas vezes nós mentimos sem nem perceber. Mantenha-se atento quanto a isso e não minta!

8. Não olhar para trás 


O passado nos faz pensar e fantasiar coisas no mundo do “se”. Se isso, se aquilo… O passado te tira o foco do futuro, do novo, do crescimento, ele te faz sentir que você perdeu e precisa recuperar, em vez de que você pode ganhar e (para isto) precisa estar presente, no presente. Esteja aqui e agora. É tudo o que temos. É tudo o que há.

9. Peça ajuda aos seus anjos 


Você nunca está sozinho! Sempre tem alguém que cuida e zela por você, às vezes é alguma pessoa ou um animal, mas sempre, sempre, sempre há anjos ao seu redor. Tenha o hábito de se relacionar com eles, não só pedir por ajuda e proteção, mas para jogar conversa fora, cantar, dançar, confessar segredos, rir e agradecer.

Oração rápida e poderosa:

“Eu, amorosamente peço a ajuda dos meus guias espirituais, meus anjos do céu, os Arcanjos, e meu Eu superior. Por favor, me ajudem a ____ para que minha mente possa estar em paz. Gratidão. Eu amo vocês. Eu aprecio vocês.”

10. 
Este é você quem vai escrever, ele é só seu, personalizado, perfeito para você e a situação de agora. Você provavelmente já sabe qual que é, tem sentido já há algum tempo a necessidade de fazer tal coisa ou deixá-la de fazer, mas tem adiado. Talvez este seja justamente o seu mandamento: deixar de adiar as coisas. Mas pode ser que seja meditar por 5 minutos a cada 3 horas. Atender a um evento ou workshop por semestre. Se livrar de pessoas tóxicas…

Dê uma olhada nos comentários para ver se o mandamento de alguém serve para você. Se quiser e puder, quando descobrir, deixe nos comentários um mandamento, e inspire as outras pessoas a encontrarem os seus.

Por: Liam de Melo

Imagem de capa: Matthew T Rader de Pexels

VEJA TAMBÉM




Liam de Melo
Estudante de Cabala, autor, praticante de meditação e jardineiro a recuperar áreas abandonadas. Trago mensagens simples, com pensamentos profundos, mas ações práticas. Meu maior dom é ajudar a desatar nós em cabeças confusas, cansadas e perdidas. Se estiveres pronto para ouvir os sussurros da alma, não deixe de ler Liam de Melo.