Em uma recente entrevista à Revista Quem, a apresentadora brasileira Luciana Gimenez desabafou sobre alguns momentos de sua vida.

Aos 52 anos de idade, e 22 anos de carreira, Luciana celebrou sua trajetória à frente do programa Superpop, da RedeTV!, e contou como se sentiu perseguida pela mídia e pelo público quando engravidou do astro do rock Mick Jagger.

“Fui muito julgada. As pessoas tinham ideias erradas de mim. Trabalho desde os 16 anos, nunca precisei de homem para nada. Nunca ganhei um real com o meu filho e imagina o quanto eu poderia ter ganhado! Não estou aqui para dar o golpe”, disse Luciana Gimenez.

“O filho é meu, vou educar, vou cuidar. Não vou botar para aparecer porque é filho do Mick Jagger, fazer filminho com a música dos Rolling Stones ao fundo”, rebate.


Namorando o empresário Renato Breia, 18 anos mais jovem, a apresentadora não acha que a diferença de idade entre os dois seja um problema, mas sabe bem como a sociedade julga as mulheres que se relacionam com homens mais novos.

“Ninguém fala quando o homem é muito mais velho. Aqui no Brasil, as mulheres ainda não entenderam que elas têm que se amar e se abraçar. Todo mundo vai ficar velho, vai amadurecer. A não ser que você morra antes. É inexorável, não tem como parar”, diz.

Luciana ainda desabafa sobre quando foi criticada por usar um vestido com algumas fendas pelo corpo. “Me sinto um pouco doída porque eu vejo a diferença de tratamento das mulheres nos EUA. Ninguém chega para a JLo e fala: ‘Você não pode usar essa roupa’”, diz, sobre as críticas que recebe nas suas redes sociais.


“Ouço isso desde os 30. Qual é a idade limite? É quando vira mãe? E se eu virar mãe aos 19, não posso? Não agrida sua amiga mulher. Eu posso achar que sou feia, ninguém sabe minha intimidade. E se tiver celulite? Qual o problema? Existe esse preconceito velado. ‘Ela é famosa, ela é magra’, criam um estereótipo e metem o pau. Falar que estou gorda, estou feia, estou velha. Para quê?”, questiona Luciana.

Imagem de Capa: Instagram

VEJA TAMBÉM






Relaxa, dá largas à tua imaginação, identifica-te!