Um casal que estava na casa dos 50 anos morreram de câncer com poucas horas de diferença, apenas dois dias antes do Natal.

Steve Hawkins, 58, e sua esposa “alma gêmea” Wendy, 52, morreram de diferentes tipos de câncer enquanto estavam internados no mesmo hospital em Yankton, Dakota do Sul, Estados Unidos.

Do casamento, eles tiveram três filhos que agora estão na casa dos 20 anos – o filho Trenton disse que foi uma “experiência trágica” e elogiou seus “pais maravilhosos”.

Steve foi diagnosticado com câncer há quase cinco anos, enquanto Wendy enfrentou uma “curta batalha” contra a doença, de acordo com um comunicado compartilhado nas redes sociais do Yankton County EMS, onde Steve trabalhava.

A declaração dizia: “Com profunda tristeza, informamos que o administrador do EMS do condado de Yankton, Steve Hawkins, faleceu na sexta-feira, 23 de dezembro de 2022, após lutar contra o câncer por quase cinco anos. Ele tinha 58 anos.”

“Steve foi contratado como nosso administrador em junho de 2009. Antes de vir para Yankton, Steve era paramédico em Cody, Wyoming e no Parque Nacional de Yellowstone. Ele começou sua carreira de paramédico em San Diego, Califórnia.”

“Em outra triste reviravolta, a esposa de Steve, Wendy Hawkins, também faleceu no mesmo dia, sexta-feira, 23 de dezembro de 2022, aos 52 anos, após uma curta batalha contra o câncer. Wendy era uma esposa e mãe dedicada que ficava em casa para criar seus três filhos, Brad, Mandi e Trent, que agora estão na casa dos 20 anos.”

Não ficou claro qual tipo de câncer Steve ou Wendy tinham, mas a irmã de Steve, Kathy Hawkins-LaFollette, disse que eram tipos diferentes.

A publicação foi inundada de homenagens ao casal, com um amigo os chamando de “almas gentis com grandes corações”.

Imagem de Capa: Facebook





Relaxa, dá largas à tua imaginação, identifica-te!