Considerados pela maioria das pessoas como o verdadeiro símbolo da liberdade, os pássaros são dos únicos animais capazes de voar, podendo deslocar-se livremente para qualquer lugar. Por isso, por que é que haveriam de passar a sua vida fechados dentro de gaiolas?

Foi precisamente esta questão que fez com que a Índia se tornasse no primeiro país a proibir o encarceramento de pássaros em gaiolas.

Sendo um país que se preocupa bastante com os direitos dos animais, a Índia tem sido uma verdadeira pioneira no que diz respeito à protecção destes, tendo já reconhecido os cinco direitos fundamentais dos animais e das aves, proibindo também espectáculos com golfinhos cativos, a produção de cosméticos testados em animais, o sacrifício de animais em rituais religiosos e as lutas de cães.

‘Tenho claro em minha mente que todos os pássaros têm os direitos fundamentais de voar nos céus e que os seres humanos não têm o direito de mantê-los presos em gaiolas para satisfazer os seus propósitos egoístas ou o que quer que seja”, afirmou Manmohan Singh,  juiz responsável pela proibição.

Esta sua decisão foi tomada após um caso no qual diversos pássaros foram resgatados de um homem chamado Md Mohazzim, que afirmava ser tutor dos mesmos. Contudo, a ONG People for Animals acusou-o de os manter em pequenas gaiolas para os vender. Após as aves terem sido capturadas, o tribunal de primeira instância devolveu os pássaros a Mohazzim, mas a ONG apelou da decisão numa instância superior, que acabou dar razão à organização.

Sem dúvida uma decisão que merece todos os nossos aplausos e que devia servir de exemplo para os restantes países 👏 👏 👏

VEJA TAMBÉM




Sábias Palavras
Relaxa, dá largas à tua imaginação, identifica-te!