Onde você traça uma linha entre manter as coisas que importam ou limpar a desordem? Você se encontra em um modo defensivo com seu parceiro ou família? Olhe ao redor da sala em que você está agora ou pense no seu quarto. O que você pode deixar ir com facilidade e o que você é inflexível em manter?

15 dicas que podem ajudá-lo a decidir que é hora de organizar e respirar novamente

  1. Você não consegue encontrar o que precisa quando precisa

Um dos argumentos mais comuns para montes de desordem é que você está guardando coisas para um dia chuvoso. Infelizmente, quando a emergência chega, você não consegue encontrar nada do que precisa. É um desafio organizar documentos importantes e outras coisas quando eles estão empilhados por toda a casa.

  1. Todas as superfícies da sua casa são cobertas

Todo mundo adora decorar suas casas com as coisas que ama. É à sua maneira de mostrar o seu estilo e o que é importante para você. Quando sua decoração e coleções estão dentro do razoável, cria um belo espaço para você e sua família.

No entanto, existe algo como ter muito de uma coisa boa. Por exemplo, talvez você goste de colecionar bonecas. Se quase cada centímetro do seu lugar estiver coberto com essas lembranças clássicas, ele perderá seu apelo.

Algumas pessoas gostam do estilo maximalista, enquanto outras são minimalistas. Não há problema em maximizar seu estilo dentro do razoável. Você pode precisar repensar seu esquema se não tiver espaço para sentar-se, comer à mesa ou dormir em uma cama.

  1. Você gasta dinheiro com muitas coisas que já possui

Se você está sempre procurando um bom negócio, você não está sozinho. Pense em quantas pessoas percorrem os corredores de varejo, mercearias e brechós para encontrar promoções e outros grandes descontos. É um hábito financeiramente responsável.

A desvantagem é que se você está jogando mercadoria no carrinho, não precisa dela, pois está em promoção. Além disso, você pode estar comprando duplicatas de coisas que já possui porque não consegue encontrar as que possui. O problema é que você pode estar perdendo dinheiro em vez de economizá-lo.

  1. Cada item não tem um local designado

É mais fácil encontrar o que você precisa quando você tem um lugar para tudo e tudo está em seu lugar. Ter muita coisa empilhada sem armazenamento designado causa frustração e desperdício na busca de coisas.

  1. Muita coisa cria o caos

Sua casa deve ser um refúgio tranquilo onde você pode relaxar e fechar a porta para o mundo. A serenidade é um estado de espírito quando relaxado e em paz ao seu redor. A desordem cria uma distração visual e uma atmosfera de caos e estresse, o que não é jeito de viver.

  1. Peças significativas podem ser deterioradas ou arruinadas

Não há nada de errado em manter preciosas heranças de família. Eles evocam memórias e amor de geração em geração. Talvez você goste de exibir suas lembranças em sua casa para que todos possam admirar.

Que beleza trazem algumas de suas peças sentimentais quando empilhadas em caixas na garagem ou no porão? Algumas de suas lembranças favoritas correm o risco de serem arruinadas por armazenamento inadequado. Em vez de encontrar um lugar de honra em seu espaço, eles devem competir com lixo sem sentido.

  1. Você sente que está se afogando

Muitas pessoas que têm problemas de desordem descrevem isso como se afogando em coisas. É como se estivessem cercados por uma desordem que está sobre suas cabeças e lhes rouba o fôlego. Você se sente contente ou relaxado em seu espaço, ou sente que está afundando cada vez mais em suas coleções?

  1. É difícil se concentrar em meio à desordem

De acordo com um artigo publicado pela Universidade de Stanford, as pessoas cercadas pela desordem têm maior probabilidade de se distrair. Por exemplo, talvez você esteja tentando terminar um projeto importante para o trabalho. Em vez de se concentrar em sua tarefa, você está preocupado com uma estante que está prestes a explodir com DVDs que você nunca assiste.

  1. Pode afetar sua saúde física

Quando você tem vastas coleções, leva muito tempo extra para limpá-los. Você também pode ter toneladas de coisas armazenadas em caixas e sacolas que podem estar silenciosamente acumulando poeira, pêlos de animais, cabelos, mofo ou bolor.

Essas não são apenas fontes primárias de alergias, mas também podem causar problemas respiratórios e outras condições graves.

Outra ameaça à sua saúde é a possibilidade de vermes invadirem a desordem excessiva. Ratos e camundongos são conhecidos por se esconderem em pilhas de jornais, revistas ou roupas velhas em decomposição. Também pode atrair baratas e outras criaturas portadoras de doenças que podem destruir seus pertences, bem como comprometer sua vida.

  1. Coisas demais não são boas para sua saúde mental

Só porque você tem um pouco de desordem em sua casa não constitui doença mental. No entanto, um artigo publicado pela Clínica Mayo compartilha que a desordem e o acúmulo excessivos são sinais indicadores. Além do mais, é mais difícil deixar ir e pode causar ainda mais ansiedade e depressão.

  1. Ficar em excesso pode afetar seu peso

Outro problema de saúde para o qual a desordem extra pode contribuir é o ganho de peso e a obesidade. Um estudo publicado pelo Journal of Abnormal Psychology discute uma possível conexão genética entre obesidade e acumulação compulsiva. Você também pode estar muito obcecado com sua desordem para seguir uma dieta adequada e um regime de exercícios ou muito sobrecarregado para assumir uma nova tarefa.

  1. Você bloqueia o Feng Shui

Você sabia que sua casa possui uma energia natural que pode influenciar positiva ou negativamente seu corpo, mente e espírito? É o principal princípio do Feng Shui da antiga China e Índia.

De acordo com essas filosofias, a desordem bloqueia a energia da sua casa, criando uma atmosfera estagnada e negativa.

Pense nessa energia positiva como um rio. Ele precisa de espaço aberto para fluir e nutrir a vida dentro e ao redor dele. Ao organizar sua casa, você abre o fluxo de energia positiva em cada cômodo.

  1. Você não consegue relaxar

É difícil descontrair e relaxar quando sua casa é um desastre desordenado. Por um lado, você pode não ter espaço suficiente para sentar-se por causa das caixas e outras pilhas de coisas. Em segundo lugar, você sente uma culpa crônica porque acha que deve limpar e organizar cada vez que vê seu tesouro, em vez de relaxar.

  1. Outros não se sentem bem-vindos ou confortáveis

Você tem vergonha de ter companhia porque sua casa está transbordando de coisas? Você pode pensar que sua família e amigos irão julgá-lo duramente ou pensar menos de você. Se suas posses são mais um obstáculo do que uma bênção, é hora de fazer algumas classificações e priorizar.

  1. Muita coisa torna a transição do trabalho para casa mais desafiadora

Quando você deixa seu trabalho durante o dia, você costuma trazê-lo para casa com você? Compreensivelmente, sua carreira pode exigir trabalho extra após o expediente. No entanto, você tem um espaço de trabalho separado ou está espalhado por todos os cômodos?

As coisas do trabalho não apenas bagunçam seu espaço privado, mas também bagunçam seu cérebro. É principalmente um obstáculo se você cometer o erro de criar espaço de escritório em seu quarto. Sua mente está focada nas pilhas de trabalho em vez de relaxamento, sono e romance.

Por Power of Positivity

Traduzido e Adaptado por Equipe Sábias Palavras

Imagem de Capa: Reprodução





Relaxa, dá largas à tua imaginação, identifica-te!