Conhecida como ‘Vovó do Uber’, Maria Albina Oliveira da Cruz viralizou nas redes sociais por dirigir 8h por dia como motorista de aplicativo em Santos, no litoral de São Paulo, Brasil.

Atualmente quase com 75 anos, a idosa disse, de acordo com o g1, que continua ativa na profissão e já ultrapassou a marca de 20 mil corridas. Já são quatro anos de trabalho e por enquanto, ela não planeja parar: “Enquanto eu estiver viva e saúde vou continuar a dirigir. Se der vou até os 80 anos”

Imagem de Matheus Tagé/A Tribuna Jornal e Arquivo Pessoal

Além de transportar pessoas de um lado para outro, durantes suas corridas, Maria Albina oferece conselhos amorosos para seus clientes, pois depois de tantas histórias que ouve, já adquiriu certo conhecimento para entender as dores e consolar os passageiros.

“Às vezes eu vejo que a pessoa está triste e falo para não ficar assim, não ficar triste. Aí elas começam a contar. Eu falo para não ficar triste porque não foi ela que perdeu. Falo que pode acontecer com qualquer um”, disse.

Imagem de Matheus Tagé/A Tribuna Jornal e Arquivo Pessoal

Seguindo seu lema de vida ‘Quando não está bem, a gente faz ficar’ ela revela que as histórias acabam por ser sempre as mesmas: “É a moça que chora porque brigou com o namorado, o moço que chora porque brigou com a namorada. Estão chateados e começam a contar”.

A querida ‘Vovó do Uber’ revelou que dirige desde os 20 anos, mas que só atua na profissão há 4 anos. Ela não considera dirigir um trabalho, mas sim, um passeio.

Ela contou que não se estressou com ninguém durante esse tempo em que presta esse serviço, mas que já recebeu e-mail da plataforma sobre um passageiro que teria reclamado dela correr demais ao volante. “Errou de motorista. Eu não corro”.

Imagem de Capa: Matheus Tagé/A Tribuna Jornal e Arquivo Pessoal





Relaxa, dá largas à tua imaginação, identifica-te!