Você tem em suas mãos um superpoder esplêndido, que pode mudar sua vida e a forma como você se relaciona com ela. Funciona assim:

Você pode optar por continuar chorando suas mágoas e desventuras do passado. Mas pode decidir-se por curar cada uma de suas feridas e superar esses traumas, com um pouco de amor próprio e uma boa dose de perdão.

Pode continuar se escondendo atrás do medo que te impede de seguir adiante. Ou pode decidir fazer tudo o que sempre quis e nunca teve coragem, e ir com medo mesmo, porque medo não é gesso e você não nasceu para ficar imobilizado.

“(…) sua vida é propriedade privada e quem a comanda é você (…)”

Você pode deixar que te digam o que é certo ou errado, o que é melhor, menos ruim ou pior para sua vida. Pode sim. Mas também pode dizer que tem total direito sobre suas escolhas porque sua vida é propriedade privada e quem a comanda é você, e deixar isso bem claro.

Pode deixar que riam de ti, dizendo que seus planos são audaciosos demais, muita areia para o seu caminhão. Mas você tem a possibilidade de dizer que não tem pressa e que não pôs limites à quantidade de viagens que pretende dar. Você pode decidir por demostrar fé em si, ao invés de fazer coro com os que não te consideram capaz.

E permitir que as pessoas te afetem, te desanimem, tirem sua esperança. Você pode servir de tapete ou deixar sua vida ser esmiuçada à sua frente, em conversas maldosas por pessoas que não te consideram tanto como você pensou que consideravam. Mas você também tem o poder de romper com todas as relações que não te respeitem como pessoa, e não te valorizem da forma como você merece.

Mas nunca, jamais, em tempo algum se esqueça de que você detém um poder maravilhoso e determinante, chamado DECISÃO.

“Terá domínio sobre seus atos e poderá superar as emboscadas dessa vida, sobretudo as que te impedem de reconhecer o seu próprio valor.”

Com ele você poderá derrotar todos os vilões que te assombram e te impedem de encontrar um bom lugar no mundo, o lugar que é seu por direito. Também não precisará viver sob a sombra do fracasso e da apatia. Terá domínio sobre seus atos e poderá superar as emboscadas dessa vida, sobretudo as que te impedem de reconhecer o seu próprio valor.

É hora de romper todas as interferências negativas sobre você, sobre seu comportamento, o seu jeito de ser.

Ninguém te conhece melhor que você mesmo, nem sabe dimensionar o potencial que está guardado em você. Decida quem você quer ser, onde quer chegar e a forma como pretende ir até lá. Essas decisões são particulares e têm força para romper as amarras que te limitam.

Use o poder da DECISÃO com sabedoria e ele te levará “ao infinito e além”, numa viagem incrível e sem volta, que certamente será a melhor entre todas as viagens da sua vida.

Por: Alessandra Piassarollo @ Palavra Bonita

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS





COMENTÁRIOS




Sábias Palavras
Relaxa, dá largas à tua imaginação, identifica-te!