A família da pequena Alice Polinska, de apenas 1 ano, percorreu um caminho de um dos momentos mais difíceis de suas vidas.

Em dezembro do ano passado, Alice passou por um terrível acidente de carro no qual sofreu uma fratura na coluna entre a primeira e a segunda vértebras do pescoço.

Um motorista suspeito colidiu diretamente com o carro de sua mãe a 180km por hora em Merthyr Tydfil, País de Gales, de acordo com publicação no Daily Mail.

“Foram os piores três meses da vida de nossa família, principalmente porque passamos tanto tempo separados em um momento em que tudo o que queremos fazer é ficar juntos”, disse a mãe de Alice, Magda Polinksa.

“Mas também houve tantos milagres. Ouvimos tantas vezes como todos tivemos sorte por estarmos vivos depois de um acidente como esse e ainda mais que Alice sobreviveu a uma lesão na coluna tão terrível.”

Alice se machucou gravemente e os médicos avisaram sua família que, se ela sobrevivesse, poderia ficar permanentemente paralisada. A criança poderia nunca mais voltasse a andar devido ao dano na coluna que afetou particularmente o lado esquerdo de seu corpo.

Ela também não conseguia respirar sozinha e teve que passar por uma cirurgia de traqueostomia para ter fluxo de oxigênio através de um tubo no pescoço.

Reprodução

Infelizmente, isso foi apenas o começo do pesadelo de Alice.

Uma cirurgia arriscada onde hastes seriam colocadas para alongar sua coluna era a última esperança de Alice se recuperar do acidente e de voltar a andar, de acordo com sua mãe.

“Eles disseram a meu marido e a mim que a operação era extremamente arriscada, mas sabíamos que, se Alice tivesse alguma esperança de uma vida normal, essa era a única opção”, disse Polinksa.

No entanto, milagrosamente, apenas 3 meses depois do evento traumático, Alice superou todos os prognósticos médicos.

Reprodução

A corajosa criança recentemente deu seus primeiros passos, que foram capturados em um vídeo de recuperação emocionante, onde Alice é vista sorrindo e caminhando novamente em um hospital do Reino Unido.

Reprodução

“Eu estava com tanto medo de que Alice ficasse paralisada quando isso acontecesse pela primeira vez, mas a equipe de fisioterapeutas vinha todos os dias, construindo minha confiança e a de Alice até que ela conseguisse sentar e até ficar de pé novamente”, disse Polinksa.

Como parte de sua recuperação, Alice usa um botão vermelho para chamar sua mãe, de acordo com o Hospital de Caridade Infantil Noah’s Ark. Usá-lo tem sido um exercício saudável para o braço esquerdo de Alice, que também temia nunca mais se mover.

Desafiando as probabilidades, Alice está voltando a viver a vida, caminhando passo a passo.

Imagem de Capa: Reprodução

VEJA TAMBÉM






Relaxa, dá largas à tua imaginação, identifica-te!