“Dias, semanas e meses se passaram, mas ainda é ele.

Eu sei que ele está feliz agora com outra pessoa – mas e eu? Eu ainda estou presa noutro lugar. Ele deu-me tanta felicidade, eu sou tão estúpida em não ter percebido que isso também me irá levar ao caminho da solidão.

Quem disse que ele me deu inspiração, pode ser que pareça ser, mas depois percebi que há uma expiração. Eu pensei que ele me tivesse mostrado o significado do amor, mas na realidade o desgosto veio logo de seguida.

“Por que é que me mostraste tanto amor quando na verdade irias deixar-me para trás? Por que é que os teus sentimentos mudaram tão repentinamente? Foi culpa minha? Eu não sou boa o suficiente? Fiz algo de errado? Ou tu simplesmente não me amas mais? ”…….

“Eu não sou digna de amor?”

Todas as perguntas, todas as dúvidas sobre mim mesma … Eu não sou digna de amor? Eu sou inútil? Foi muito fácil fugir? Eu perguntei de mim mesma.

Todas as perguntas deixaram-me sem saber a verdadeira resposta.

Tem sido uma estrada vazia, sozinha sem esperança, com um coração partido … Eu realmente não sabia o que iria fazer a partir daquele momento.

Uma vez eu tentei impedi-lo de ir embora e numa outra vez tentei deixá-lo ir e libertá-lo.

Mas… não fui eu quem parou de amar, foi ele.

Lágrimas derramadas,

noites sem dormir,

perda de apetite,

exaustão…

“Por que é que eu estou a fazer isto a mim mesma?”

Provavelmente esta era a minha rotina diária a partir daquele momento em que eu estava partida, mas depois percebi: “Por que é que eu estou a fazer isto a mim mesma?” Sim, estou com dor, estou magoada, não sou nada para ele agora, mas faz tudo sentido? Podem as coisas voltar a ser como eram antes? Isso fará com que ele volte?

– Não! Não pode e não vai! Não sejas tola de novo!

Quando percebi o valor de mim mesma, levantei-me ainda mais forte. Eu disse para mim mesma: “Está na hora de seguir em frente! Está na hora de parar com estas perguntas estúpidas de ontem, mas, em vez disso, aprender com isso e confiar em encarar um novo capítulo da vida cheio de amor.

Sim, pode não ser tão fácil, mas o tempo cura tudo, sei que ficarei bem, talvez não agora, mas logo, muito em breve.

Por isso, para as pessoas que estão a sofrer, apenas aprendam a palavra “Aceitação”.

Aceita o fato de que há certas pessoas que vêm e vão, mas definitivamente, haverá alguém que virá e ficará.

Aceita o fato de que não podes realmente ter o que desejas mesmo, basta estares contente e talvez dares uma olhada no que está à tua frente.

Apenas tem fé e acredita sempre no amor. Apenas aprende a esperar pelo que é certo, porque o amor real, amor verdadeiro, ou qualquer que seja o amor, certamente virá no tempo perfeito de Deus.

– A tua querida menina que implorou para ficares …”

Traduzido e adaptado pela equipa de Sábias Palavras / Inspiring Life

Fonte: Auxx.me

Por: Autor desconhecido

* Caso tenhas alguma informação sobre o autor, envia-nos mensagem

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS





COMENTÁRIOS




Sábias Palavras
Relaxa, dá largas à tua imaginação, identifica-te!