Joaquín Romero de 34 anos, funcionário do parque de tirolesas La Jolla Zip Zoom Zipline em Pauma Valley, Califórnia, nos Estados Unidos, estava em um dia normal de trabalho até que quando uma cliente estava na atividade, algo não correu como esperado.

Ao começar a descer, ela foi liberada da engrenagem que estava enganchada no cabo por onde ela estava deslizando e, acabou escorregando por ela. Ele supostamente agarrou o cinto da mulher para impedi-la de escorregar e impedir que um terrível acidente acontecesse, mas foi puxado com ela, e os dois ficaram pendurados 30 metros acima do solo.

Por acreditar que os dois cairiam devido ao peso combinado, que excederia o limite suportado, Joaquìn largou o cinto e se sacrificou pela segurança da mulher, caindo dos 21 metros que o separavam do solo, segundo a People.

Rapidamente ele foi levado de helicóptero a um pronto-socorro, onde chegou em estado grave pelos múltiplos ferimentos devido ao forte impacto da queda. Felizmente, a mulher saiu ilesa.

Ele ficou dois dias no hospital, mas infelizmente ele não resistiu. “Estamos tristes e com o coração partido pelo recente trágico acidente envolvendo um de nossos funcionários da La Jolla Zip Zoom Zipline”, informou Normal Contreras, presidente do parque à KSWB.

Joaquìn Romero / People

“Como qualquer empregador, temos orgulho de ter um ambiente de trabalho seguro e uma experiência segura e agradável para nossos clientes. Dadas as circunstâncias do acidente, a Tribo está conduzindo uma investigação minuciosa e aprofundada, em coordenação e cooperação com autoridades federais e estaduais”, acrescentou o presidente.

Seu ato heroico nunca será esquecido.

Imagem de Capa: People/ Instagram

VEJA TAMBÉM






Relaxa, dá largas à tua imaginação, identifica-te!

1 COMENTÁRIO

Comments are closed.