Uma simples frase, dita por um estranho na rua teve o impacto maior que muitos livros de auto ajuda e palestras motivacionais.

No meu bairro tem uma pracinha onde se encontra uma bica d’água, e agora estão trocando o calçamento da rua desse lugar.

Para que eu possa ir ao supermercado, farmácia, lojas e etc costumo passar por esse local, porém a rua está interditada.

Poderia passar por outro caminho, outras ruas, andar um pouco mais? Poderia, mas sendo eu, resolvi ir pela rua em obras, onde tem um enorme buraco e muita lama pela chuva, de frente disso poderia voltar e fazer o caminho mais longo? Sim.

Mas eu vi um jeitinho de atravessar o buraco porém tive medo, pois era muito estreito.

Foi então que um cara vendo a obra do outro lado do buraco gritou sorrindo: Só equilibrar que você consegue! E eu consegui mesmo.

Fui ao meu destino rindo e me achando boa por ter vencido o primeiro desafio da manhã.

Somente a noite refletindo sobre o dia eu pude ver o quanto essa frase cabe em qualquer parte da vida.

Vivemos equilibrando entre o que queremos e o que precisamos, entre prazer e compromissos, saúde e doença, perdas e ganhos, sonhos e realidade, recomeços e fins.

A vida é uma constante busca pelo equilíbrio, e às vezes o que nos falta é só um grito de “você consegue” de um desconhecido na rua.

Por: Cristiane de Fátima

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS





COMENTÁRIOS




Cristiane de Fátima
Enfermeira Especialista em Saúde da Família/ Residência/ UNIFAL-MG Editora Junior