Não me importo se me xingar, provocar ou acusar. Tenho plena consciência do que sou e do que faço, e, para mim, isso é suficiente. Independente da forma que me tratar vou me dirigir a você da melhor maneira possível. Prometo não me amargurar, aborrecer, exaltar ou fazer o mesmo. Talvez sua atitude me chateie por um tempo, mas não se preocupe, eu aguento, vai passar.

Se for meu patrão, professor, ou qualquer outra pessoa acima de mim, vou ouvir o que tem a dizer, vou me defender, claro, vou avisar que está extrapolando e vou tentar te mostrar meu lado. Se não quiser ouvir, não tem problema. Espero apenas que não trate outros assim, pois sei que alguns não terão o mesmo pensamento que eu e irão te enfrentar, e isso terá consequências ruins pra você e pra eles.

“É que ouvir esse “algo” vindo de você faz doer mais ainda.”

Se for meu parente, amigo ou qualquer um que convive comigo de igual para igual, vou tentar ser paciente. Não vou te responder como se estivesse acima ou abaixo de mim, mas como alguém que passa pelo mesmo que eu. Não vou te apedrejar com erros do passado, nem de 10 anos nem de 10 horas atrás. Eles não importam mais. Mas, por sermos próximos e por me conhecer, tente não fazer isso comigo também, tente não dizer algo que sabe que me chateia. É que ouvir esse “algo” vindo de você faz doer mais ainda.

Se for alguém que encontrei por acaso na rua, supermercado ou afins garanta que suas acusações procedem, pois não vou brigar com vocês por causa delas. Vou apenas negar e nada mais. Talvez você insista e, quem sabe, levante a voz. Por favor, tente evitar esse constrangimento por nós dois. Entendo que talvez não esteja se sentindo bem, física ou emocionalmente, quem sabe pelo que está passando? Sei que o dia a dia pode ser estressante, mas peço que não desconte em ninguém. Apenas tente descansar para aguentar mais um dia.

“Converse comigo para que nossa convivência seja agradável para ambos.”

Se hierarquicamente estiver abaixo de mim, me respeite, por favor. Não peço por estar acima de você, mas por ser uma pessoa. Nossas posições não impedem que conversemos ou entremos em acordo quando a minha direção não te agradar. Converse comigo para que nossa convivência seja agradável para ambos. E faça isso gentilmente, assim como vou fazer com você.

Seja você quem for, tenha você a opinião que tenha, tenha você a vertente que tenha, por favor, não me xingue, não me provoque, não me acuse, pois não vou responder a isso da mesma maneira, ao invés disso, farei o que é melhor para nós dois, vou levar seu desaforo pra casa.

Por: Taínny Corrêa Galvão

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS





COMENTÁRIOS




Sábias Palavras
Relaxa, dá largas à tua imaginação, identifica-te!