A internet é um meio para diversas coisas, seja de informação, comunicação, entre outros. Mas apesar de existirem muitas pessoas que a usam para o mal, existe também que a use para o bem, como o caso de uma mulher brasileira, Bruna, que aproveitou as redes sociais para tentar ajudar uma senhora necessitada, longe de imaginar nas repercussões que iria ter.

D. Divina é uma senhora de raça negra, trabalhadora e chefe de família, que passa os seus dias na Praça Saens Peña, no Centro do Rio de Janeiro, Brasil, a vender buchas (esponjas naturais para o banho) de forma a poder ganhar algum dinheiro para sustentar a sua família constituída pela filha desempregada de 42 anos, seis netos e um bisneto, com quem vive numa casa simples em Nova Iguaçu.

Depois de ter trabalhado como empregada doméstica durante mais 50 anos, D. Divina viu-se obrigada a ir vender para a rua após o seu genro ter falecido há cerca de 3 anos atrás vitima de um acidente de carro, estando a sua filha desempregado desde então.

A vida desta família é tão difícil que as netas de 11 e 14 anos usam o mesmo par de ténis para irem à escola, já que uma estuda de manhã e a outra à tarde.

Um certo dia em que Bruna ia a passar na rua e decidiu perguntar o preço das buchas, acabou por descobrir um pouco da história desta idosa e decidiu por isso tentar ajudá-la, dando-lhe mais 20 reais (era tudo o que tinha na certeira) e pedindo se seria possível tirar-lhe uma fotografia e publicar no seu facebook para poder arranjar mais clientes.

Foto tirada e publicada, e foi então que tudo começou! A quantidade de pessoas que começaram a perguntar o que poderiam fazer para ajudar, onde se poderiam dirigir, o que a senhora precisava, começaram rapidamente a encher a sua caixa de mensagens, ao ponto de esta ter a ideia de criar um fundo online para que as pessoas de fora da cidade pudesse doar o que pretendessem. Em apenas dois dias, o fundo já tinha atingido a sua meta de 10 mil reais, estando actualmente com mais de 23 mil reais.

Quando Bruna voltou junto da D. Divina para lhe contar a novidade, esta não se conseguiu conter de alegria, tendo mesmo feito um vídeo para agradecer tamanha bondade por parte do povo brasileiro.

Como podes ver, a internet também pode servir para ajudar outras pessoas!

Por isso, se também queres ajudar a D. Divina, aqui tens algumas informações de como o podes fazer:

Conta do neto mais velho da dona Divina: Caixa Econômica Federal; Agência 0190; Tipo de conta 013; Número da conta 00029551-1; Jonathan W C Batista.

Endereço da dona Divina: Rua Aida, nº 52, Vila Gaúcha, CEP 26061-320, Nova Iguaçu, Rio de Janeiro.

Os netos dela são:

  • 1 Menino de 6 anos (calça 27/28)
  • 2 meninas de 11 e 14 anos (uma calça 35 e outra 36).

Ela pediu para dizer também que:

– A filha dela tem 42 anos e precisa muito de emprego. Já trabalhou em uma empresa de limpeza urbana mas está sem trabalhar há 3 anos.
– A casa dela está sendo construída mas a obra foi interrompida por falta de dinheiro: ela não tem porta, não terminou o muro, e o rapaz que ela pagou adiantado pra fazer um poço sumiu com o dinheiro.
– Ela divide uma beliche com as netas, que se revezam entre quem dorme em cima e quem dorme no chão.

Antes de realizar doações de eletrodomésticos, móveis, roupas e outros itens, sugerimos entrar em contato com a Daniele, neta da dona Divina, pra saber o que a família precisa com mais urgência e também para não doar itens que já foram doados por outras pessoas. Anote aí o telefone de contato: (21) 993976063.

Ela costuma ir pra praça às quartas, sextas e sábados, das 10-11h às 18h.
Quem quiser ir até lá ganhar um beijo, fique à vontade.

Fonte: Razões para Acreditar

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS





COMENTÁRIOS




Sábias Palavras
Relaxa, dá largas à tua imaginação, identifica-te!