É o Batman? É o Zorro? Não, é o jogador Son Heung-min da seleção de futebol da Coreia do Sul.

Apesar de parecer ser uma máscara de super-herói na Copa do Mundo de 2022, Son usou uma máscara – que cobre os olhos e nariz – como medida de proteção do rosto.

O jogador de 30 anos sofreu uma fratura na cavidade ocular durante o jogo da vitória do Tottenham contra o Marselha na Liga dos Campeões em 1º de novembro e, portanto, enfrentou uma corrida no tratamento para estar apto a jogar no mundial no Catar.

Son não apenas se recuperou a tempo – com a ajuda da máscara – mas também jogou todos os minutos enquanto a Coreia do Sul se classificava para a fase eliminatória da competição após uma dramática vitória por 2 a 1 sobre Portugal.

Depois de jogar a partida de abertura da Copa do Mundo da Coreia contra o Uruguai – a primeira com a máscara – Son disse que se sentiu “confortável”.

“Estou feliz que com a máscara eu possa jogar”, disse Son, ao Reuters.

Mas o astro sul-coreano não é o único jogador a jogar a Copa do Mundo usando máscara de proteção.

Josko Gvardiol, da Croácia, também está usando uma, devido a um problema no nariz e nos olhos devido a um confronto na cabeça que sofreu ao defender seu clube, o RB Leipzig, na Alemanha.

Jewel Samad/AFP/Getty Images

Ellyes Skhiri, da Tunísia, quebrou a maçã do rosto em outubro pelo FC Köln, da Alemanha, então ele também usava uma máscara que cobria o nariz e as laterais do rosto.

E o goleiro do Irã, Alireza Beiranvand, manteve uma máscara durante os treinos – optando por não usá-la nos jogos – depois de uma lesão na cabeça que ocorreu no primeiro jogo do Irã na fase de grupos, contra a Inglaterra.

Essas máscaras têm sido comuns nos últimos anos para proteger jogadores que se recuperam de lesões faciais.

Imagem de Capa: Dean Mouhtaropoulos/Getty Images





Relaxa, dá largas à tua imaginação, identifica-te!