Aconteceu em Bello, município colombiano onde a Polícia realizou a incineração de 1.678 quilos da substância. “Não é à toa que aquele cheiro de maconha é tão forte”, observou um vizinho.

Uma operação antidrogas foi realizada no município de Bello, na Colômbia, onde a polícia incinerou 1.678 quilos de maconha apreendidas.

O resultado disso, é que os moradores dos bairros foram momentaneamente invadidos pela fumaça proveniente da incineração de mais de uma tonelada e meia da erva.

A polícia local não percebeu que após o procedimento o vento transportaria a fumaça e os efeitos da substância para os bairros vizinhos.

A polícia local queimou 1.678 quilos de maconha e os moradores do bairro acabaram sob efeito da substância.

Os moradores da região tiveram conhecimento do ocorrido através das redes sociais, onde protestaram contra a fumaça densa da droga, que carregava um cheiro muito penetrante: “Não é à toa que o cheiro de maconha é tão forte”, comentaram cidadãos colombianos nas publicações.

“Fiquei muito tonto a tarde toda”, reconheceu um trabalhador da região colombiana.

A incineração dos 1.678 quilos da droga foi realizada em um batalhão próximo a vários conjuntos residenciais, cujos moradores sofreram os efeitos da fumaça do alcaloide após o término da operação.

Muita fumaça começou a se espalhar pela área, e a população a princípio acreditou que estava acontecendo algum incêndio próximo. Porém, com o cheiro, eles tentaram identificar a origem, pois manifestaram preocupação com os efeitos da substância nos mais sensíveis e crianças.

Uma moradora chegou a dizer que a fumaça “travava todo mundo”.

Apesar do transtorno, após uma hora, o cheiro de maconha havia desaparecido completamente.

Imagem de Capa: Twitter

VEJA TAMBÉM






Relaxa, dá largas à tua imaginação, identifica-te!