Uma denúncia levou policiais a descobrirem uma grande foto de Madeleine McCann na casa de um homem em Condado de Donegal, na Irlanda, gerando um grande alerta no caso.

Os policiais foram até uma residência que fica localizada em uma região remota da Irlanda e contatou a Interpol para informá-los da descoberta. Eles ficaram chocados quando invadiram a casa – apenas para encontrar a foto da criança desaparecida em uma parede da casa.

Em seguida, foram feitas verificações para determinar onde estava o morador da casa quando a pequena Maddie desapareceu no balneário da Praia da Luz, no Algarve, em Portugal, em 3 de maio de 2007, com quase 4 anos de idade.

Reprodução

O desaparecimento de Maddie desencadeou um dos maiores casos de pessoas desaparecidas de todos os tempos, mas nenhum vestígio da criança foi encontrado, até hoje.

No entanto, após todas as verificações, os oficiais determinaram de que não havia ligação com o homem e o desaparecimento de Maddie.

Uma fonte disse que não havia como o homem estar em Portugal no mesmo momento do desaparecimento da menina.

“Foi uma operação em grande escala, pois temíamos que o homem destruísse qualquer evidência potencial que estávamos tentando reunir antes de prendê-lo.”, segundo publicação no The Mirror.

“No entanto, ninguém estava preparado para a foto de Maddie McCann em casa. Era muito incomum, para dizer o mínimo, considerando as circunstâncias.”

“Tivemos que fazer todas as verificações relevantes, mas estamos convencidos de que este homem não teve nada a ver com aquele caso específico.”

Foi explicado que outra pessoa da casa tinha um motivo genuíno para ter a foto da criança desaparecida. Foram removidos vários itens da casa após a invasão, incluindo um laptop, para uma investigação maior.

Imagem de Capa: Reprodução

VEJA TAMBÉM






Relaxa, dá largas à tua imaginação, identifica-te!