Quantas vezes já disseste que era para sempre?! Quantas vezes juraste que seria mesmo para sempre? E quantas vezes não foram, e tu tentaste mais uma e outra vez… E inocentemente, acreditaste que desta vez, seria mesmo “PARA SEMPRE”…?!

Faz parte do ser humano errar, mas faz parte também do ser humano pensar… Por vezes pensamos que com aquela pessoa será para sempre, e no entanto, algo acontece e o “sempre” aparece cedo.

As relações têm este mistério, assim como a vida, que não sabemos o dia de amanhã, logo não saberemos se será, realmente, para sempre como assim o desejamos no momento.

“(…) acho que cada vez mais pensamos no futuro, em vez de vivermos a relação no presente.”

Temos então, que em vez de “perder tempo” (e peço desculpa a expressão) a dizer que será para toda a eternidade e para a vida, a aproveitar apenas o presente. Com tanto juramento, acho que cada vez mais pensamos no futuro, em vez de vivermos a relação no presente.

Com isto, não falo apenas do namorado ou da namorada, falo também dos amigos que ao longo do tempo vamos “perdendo” e que nunca nos passou pela cabeça ficar sem eles… Porque eram amigos para a vida!

“Porque eram amigos para a vida!”

Porque no mundo de tantos “Para Sempre”, já é complicado de diferenciar relações verdadeiras, das que não são…

Por: Ana Sobral

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS





COMENTÁRIOS




Sábias Palavras
Relaxa, dá largas à tua imaginação, identifica-te!