Independentemente da idade que tenhamos, não existe nada de mais reconfortante do que um abraço da nossa mãe. Contudo, infelizmente nem sempre temos a sorte de podermos abraçar a nossa mãe de todas as vezes que precisamos, até porque não estamos constantemente do seu lado. Mas o que fazemos quando isso acontece?

Pois, é precisamente isso que estás a pensar – agarramos no telemóvel e ligamos-lhe! MAs por que é que fazemos isso?

Na realidade, ouvir a voz da mãe ao telefone é tão reconfortante quanto sentir o seu abraço, pelo menos de acordo com um estudo realizado por pesquisadores da Universidade de Chicago, EUA.

Para chegarem a essa conclusão, pesquisadores analisaram as reacções de 60 meninas, entre os 7 e 12 anos, ao falarem com as suas mães após terem sido submetidas a situações de stress.

De acordo com os cientistas, as meninas foram submetidas a testes de aritmética em público, tendo sido dividias em três grupos. Após os testes, o primeiro grupo recebeu uma ligação telefónica das mães; o segundo, um toque carinhoso, como um abraço; e o terceiro assistiu a um filme considerado emocionalmente neutro, tendo chegado à conclusão de que as crianças que ouviram a voz da mãe pelo telefone, enviaram estímulos pelas orelhas ao cérebro parecidos aos que enviariam se estivessem abraçadas às mesmas.

Além disso, tanto o primeiro grupo como o segundo, revelaram um aumento idêntico no nível de ocitocina, uma espécie de “sedativo natural” associado à empatia. Ao invés do terceiro grupo, onde não houve aumento no nível desse hormónio.

Portanto, se estiveres a passar por um daqueles “dias não” em que a única coisa que precisas é de um carinho, e a tua mãe estiver longe, então pega no telefone e liga-lhe, enquanto ainda tens essa possibilidade. Acredita que te vais sentir muito melhor e infelizmente, ela não vai durar para sempre!

COMPARTILHAR

VEJA TAMBÉM





COMENTÁRIOS




Sábias Palavras
Relaxa, dá largas à tua imaginação, identifica-te!