O meu neto é o pequeno pedaço do céu que a vida me deu. É uma segunda chance que os deuses me deram. A minha oportunidade de amar sem medidas e sem preocupações adicionais. Uma nova chance de fazer as coisas bem, continuar construindo o futuro.

Aquela criança, fruto do amor daquele pequeno ser que eu vi nascendo, hoje é o meu tudo. Isso me dá o incentivo para superar as dores da idade. É ele quem me dá razões para continuar habitando este mundo, só para ficar ao seu lado.

O meu neto se tornou no oxigénio que hoje me permite viver intensamente a cada dia. É para esse pequeno universo que eu viro noite e dia. Fonte de admiração e profunda adoração, enche de cor a minha casa a cada visita e de felicidade os últimos trechos da minha existência.

O meu neto, o meu melhor presente

O meu neto é o melhor presente que meu filho poderia me dar. O amor que sinto por ele é único, tão diferente do imenso que senti pela primeira vez que conheci o meu amado filho. O meu menino é o herdeiro de todo o meu tempo, por me dar o brilho dos seus olhos e o seu sorriso contagiante.

Reavivou a minha capacidade de maravilhamento ao estender a minha vida com sangue de esperança. É o sonho mais perfeito que felizmente se tornou realidade. Hoje, o som da sua voz inocente se tornou a minha bandeira. As suas fotografias distribuídas em toda a minha casa são como troféus do campeão da própria vida.

O meu neto é o melhor prémio que eu poderia ter recebido depois de criar meu pequeno pedaço de sol com amor.

O mesmo hoje me deu o horizonte mais bonito. Muito do céu para esta avó que não se cansa de amar, e que espera o tempo todo para encher de beijos e abraços de um urso àquele pequenino que tem tanto carinho para oferecer.

O meu neto é o meu passado, o meu presente e o futuro que permanece para mim. A minha história, minha família e meu sangue. Por essa razão, nunca poderei recusar as suas ordens. Para ele eu sou capaz de conseguir impossível. Ele é o meu filho mimado, meu cúmplice e companheiro favorito.

Esse menino é uma passagem para o passado. Lembro-me daqueles lindos dias da minha infância. Sinto os velhos aromas e jogos. Relembro a minha inocência, imaginação e frescor. Lembro-me da pureza que carregava e assimilo o que perdi ao longo dos anos.

Meu neto, o meu sonho e minha ocupação

Aquele bebé tão pequeno que eu vejo crescendo na minha frente me permitiu sonhar novamente, ser participante dos seus sonhos. Ele me mostrou que tenho muito a aprender. Acordou em mim novas paixões que achei impossíveis. Ele veio a este mundo para acabar com o meu coração ainda mais.

Para ver o que é considerado fabuloso, ouvir as histórias que o surpreendem, vê-lo balançar ou deslizar pelo escorrega é ver magia pura. O seu lindo rosto e aquela doce “vovó” foram o suficiente para me deixar louca. Prometo baixar a lua, me aproximar do sol e me encher de doces todas as tardes.

Consentir com todo capricho, dando-lhe todo o meu amor, acompanhando-o em todos os aspectos de sua vida tornou-se o meu desporto. Reformular a arte de trocar fraldas, acalmar as birras, sentar no colo para entreter era uma prioridade desde a chegada do meu neto.

E se meu filho, genro ou nora não puderem entender esse amor profundo? O que seus raios irracionais importam? Eu sei muito bem que assim como ontem eles não me entenderam e hoje – como são pais – eles fazem isso, quando chega o dia de se tornarem avós eles entenderão o meu comportamento.

Meu pequeno pedaço do céu, meu mundo, meu universo e meu tudo. Esse é o meu neto desde que me inscrevi para a sua chegada. Eu só quero que ele tenha uma vida plena e feliz, e peço a Deus que eu aproveite isso com ele o máximo possível. Bem, se qualquer sentimento de tristeza ou dor se aproxima, eu quero ser aquela que seca as lágrimas e esboça uma careta no rosto.

Traduzido e adaptado pela equipa de Sábias Palavras

Fonte: Eresmama

Autora: Macarena Esperanza Marina

VEJA TAMBÉM




Sábias Palavras
Relaxa, dá largas à tua imaginação, identifica-te!