Estás a tentar ser forte, eu sei que és. Mas depois quando vais para casa após colocares um sorriso falso na frente dos teus amigos, deitas-te na cama à noite e não consegues parar a tua mente de vagar sobre ele. Não consegues deixar de pensar nisso e desejar que as coisas não se tornem tão confusas e complicadas. Perguntas-te onde é que o amor deu errado e como as coisas ficaram tão más.

Eu entendo, a dor no teu coração e o vazio que sentes ao teu redor.

Estás a olhar para o teu telefone digitando mensagens longas apenas para apagá-las. Estás a seguir cada movimento dele nas mídias sociais. Estás a deixar que ele te consuma completamente e está lentamente a matar-te.

Ele não é mais o homem por quem te apaixonaste e tu não sabes quando ele se tornou alguém que não conhecias, mas queres desesperadamente recuperá-lo. Queres que as coisas voltem a ser como costumavam ser.

Queres que ele veja que o seu comportamento e ações estão errados, mas ele não o vai fazer. Ele está à procura de outra pessoa para culpar, atirar a sua raiva e os seus problemas e infelizmente essa pessoa és tu. Não fizeste nada de errado, não és a raiz dos seus problemas – ele é, mas ele não consegue aceitar isso. Ele é muito teimoso para admitir que está errado e é muito chato para se desculpar.

“Homens como ele não merecem mulheres como tu.”

Homens como ele não merecem mulheres como tu. Mas tu apaixonaste-te por ele de qualquer maneira, ele mostrou um lado doce e tu não resististe. Ele costumava ser sempre doce, costumava importar-se contigo e fazer coisas agradáveis ​​por um dia, até que ele simplesmente parou. Foi como um filme ligado quando percebeste que ele não se importa mais contigo do jeito que tu te importas com ele.

Tornou-se um relacionamento unilateral – ele está sempre a fazer asneira e tu estás sempre a desculpá-lo.

Tentaste resolver as coisas, porque esse é o tipo de pessoa que és – sempre a tentar arranjar o que está partido, sempre à espera dos seus corações muito grandes. Mas ele não se importou. Ele não se esforçou minimamente. Ele não mostrou que se importava mais.

De vez em quando ele traz esse lado doce e é o que te faz cair novamente. É o que te faz lembrar dos bons tempos, então ficas. Aceitas-lo volta, acreditas nele quando ele diz que as coisas serão diferentes dessa vez, antes de saberes que ele está a chamar-te nomes e maltratar-te. Ele está de volta a onde paraste.

E mais uma vez sentes-te magoada, confusa, partida e ele não se importa.

Desta vez dizes a ti mesma que serás forte, não vais voltar para ele, tens uma atitude de “lixa-te” para com ele.

E normalmente voltas porque é a tua fraqueza, tem sido conhecida há tanto tempo e é assustador seguir em frente sem ele. Mas desta vez não podes voltar. Está a ficar perigoso e não é saudável.

“Desta vez tens de te manter firme, tens que ser forte mesmo quando queres desistir.”

Desta vez tens de te manter firme, tens que ser forte mesmo quando queres desistir. Sabes que ele não te merece. Sabes que mereces alguém que realmente se importa contigo, mas o fato de seguires em frente sem ele é assustador, mas é um medo que tens que enfrentar.

Não voltes para ele doce menina, ficas muito melhor sem ele. És muito mais corajosa, mais feliz, mais forte e mais confiante sozinha. Tens que parar de regredir o progresso que estás a fazer. Precisas de o deixar ir para o teu bem e eu sei o quanto é mais fácil falar do que fazer isso, mas eu acredito que consegues fazer isso.

Ele não te merece nem nunca mereceu – não voltes mais para ele. Isso tem que ser o fim do ciclo vicioso. Tu consegues fazer isso.

Traduzido e adaptado pela equipa de Sábias Palavras / Inspiring Life

Fonte: Thought Catalog

Autora: Becca Martin

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS





COMENTÁRIOS




Sábias Palavras
Relaxa, dá largas à tua imaginação, identifica-te!