Eu sou uma aventureira solitária, sou uma solitária. Eu sou a mulher que você vê sozinha em um café, tomando chá e lendo um livro. Eu sou a única que sai sozinha em encontros e jantares em restaurantes, sem vergonha. Eu sou a mulher que assiste a shows sem me sentir desconfortável por estar lá sozinha. Eu canto do meu coração e me divirto.

À medida que envelheci, percebi que fazer as coisas sozinha é maravilhoso.

Quer dizer, às vezes é divertido estar perto de outras pessoas. No entanto, muitos subestimam o quanto podemos desfrutar de certas atividades sem companhia. Algumas pessoas pensam em “ficar sozinha” e “fazer as coisas sozinhas” como algo ruim. Ou significa que você é anti-social ou você é uma “falhada”, e esse estigma social está errado.

Há tantas pessoas por aí que têm medo de fazer as coisas sozinhas e experimentar a vida sozinha. Devo admitir que eu era uma delas e agora percebo que perdi tantas coisas porque não queria fazê-las sozinha. Sempre que eu queria ir a algum lugar, assistir a um show ou fazer uma atividade divertida, eu pedia a amigos para irem comigo e se eles não queriam ir ou fazer isso, então eu não faria isso também.

Essa mentalidade me segurou em tantas coisas, agora estou no ponto da minha vida que não deixarei ninguém ou nada me segurar e faço qualquer coisa que meu coração desejar, mesmo que isso signifique que eu deva fazer isso sozinha.

Uma vez que mudei minha mentalidade e comecei a viver minha vida como me agrada, encontrei este sentimento surpreendente de liberdade, liberdade de ser eu, liberdade para fazer o que diabos eu quero fazer. E deixe-me dizer que não há sentimento melhor do que desfrutar da sua própria companhia.

Nestes últimos anos, quando comecei a fazer as coisas sozinha, experimentei os melhores momentos da minha vida. Fiz caminhadas, andei de bicicleta, fiz skydiving, bungee jumping, fiz viagens sozinha e fiz memórias inesquecíveis.

Eu aprendi a me tornar a minha melhor amiga.

Eu sou a mulher que escolhe fazer coisas divertidas sozinha, fazer as coisas sozinha parece normal para mim.

A verdade é que nem todo mundo vai querer ir para onde você quer ir, nem todos terão os mesmos interesses, nem todos estão dispostos a sair de sua zona de conforto. Não deixe que essas pessoas a prendam se não quiserem participar, deixe-as em paz. Não coloque sua vida em espera porque os outros não estão dispostos a fazer o que você quer fazer. Não tenha medo de fazer as coisas sozinha.

Para muitos, a ideia de se aventurar sozinho parece assustadora, talvez até um pouco embaraçosa. Embarcar em uma aventura a solo não é nada para se envergonhar. É libertador, sensacional, rejuvenescedor e extremamente bom para a sua alma.

Quando você sai pelo mundo sozinha, não precisa se comprometer com ninguém. Você não precisa esperar ninguém. Você faz as coisas no seu próprio ritmo e passo. Você pode conversar com estranhos e conhecer novas pessoas. Você pode se concentrar melhor sem a distração da interação social. Você pode optar por ficar fora a noite toda, se você quiser, você pode visitar seus restaurantes e lugares favoritos, a lista de coisas que você pode fazer sozinho é interminável. Algumas das melhores experiências acontecem quando você se aventura pelo mundo sozinho.

Quando você se aventura sozinho, parece que todos os seus sentidos estão intensificados. De repente, as cores das flores parecem mais brilhantes, você presta atenção nos detalhes, observa as pessoas ao redor, consegue ouvir a música que soa melhor e percebe tantas coisas sobre o mundo ao redor. Fazer as coisas sozinha lhe dá a oportunidade de reunir seus pensamentos, analisar sua vida e tomar decisões importantes. Quando você faz as coisas sozinha, você se torna auto-suficiente, você não depende de ninguém para te fazer feliz porque você percebe que você é o suficiente para si mesma.

Uma vez que você adquira o hábito de fazer as coisas sozinha, verá como é realmente fortalecedor.

Faça tudo o que você está perdendo só porque você não tem amigos para fazer. Faça uma visita ao museu que você deseja visitar. Vá em uma aventura louca. Ir fazer algo da sua lista de desejos. Vá assistir aquele filme que nenhum de seus amigos quer assistir. Tire as férias que você está planejando. Vá para a exposição de arte que seus amigos acham chata. Vá pegar uma xícara de chá por conta própria quando ninguém estiver livre para fazer isso com você. Seja o que for que você quer fazer, apenas faça.

Não perca nada na vida. Saia e faça memórias. Aproveite a sua própria companhia. Seja feliz sozinha.

Faça as coisas sozinha.

 

Texto traduzido e adaptado pela equipa de Sábias Palavras

Fonte: Thought Catalog

Autora: Mitzi J Hernandez

Imagem de capa: Spencer Davis de Unsplash

VEJA TAMBÉM




Sábias Palavras
Relaxa, dá largas à tua imaginação, identifica-te!