Namora alguém com quem possas ser engraçada. Alguém que abraça a tua tolice, alguém que se une a ti no teu absurdo e alguém que não te pede para agires de uma determinada maneira ou falares de uma certa maneira para que possas atraí-los.

Namore alguém que esteja impressionado com a originalidade, autenticidade e o quão real tu és.

“Namora alguém que não tenha medo de te ensinar e que esteja disposto a aprender contigo também.”

Namora alguém com quem podes ser muito honesta. Alguém em quem podes confiar todos os teus segredos e sentires-te confortável a contar-lhe sobre todas as histórias malucas que guardaste só para ti. Alguém que ouve e tenta entender sem julgar e alguém que não espera que tenhas uma vida imaculada ou um passado impecável. Namora alguém que não tenha medo de compartilhar os seus segredos pessoais ou dizer-te que não sabe de algo. Namora alguém que não tenha medo de te ensinar e que esteja disposto a aprender contigo também.

Namora alguém que não se importa com o status. Alguém que não se importa com títulos, rótulos ou grandes nomes, alguém que seja humilde o suficiente para perceber que essas coisas não importam. Namora alguém que esteja farto de impressionar as pessoas com quem namora, alguém que conhece melhor do que isso, alguém que recebe e alguém que não pensa nas pessoas como troféus. Namora alguém que sabe que te ter ao seu lado é suficiente.

Namora alguém que não precises de impressionar porque já está impressionado contigo e com quem tu és, estando contigo e amando-te.

Namora alguém que te lembre que podes ser tu mesma e ainda ser amada, que mesmo nos teus piores e fracos dias tu ainda significas o mundo para ele.

“Namora alguém que acha as tuas peculiaridades cativantes.”

Namora alguém que ainda pensa que és gostosa quando estás cansada, pálida e mal-humorada. Namora alguém que acha as tuas peculiaridades cativantes.

E finalmente namora com alguém que não te faz sentir como se namorá-lo fosse uma corrida que precisas de vencer, que tenhas que competir pela sua atenção, que tenhas que trabalhar no teu currículo para que ele te possa aceitar como és, que tenhas que aprender mais habilidades para que ele te possa aprovar. Namora alguém que pensa que tu és super-qualificado para participar desses jogos ridículos. Namora alguém que nem sequer quer jogar porque o jogo terminou no momento em que te conheceu.

Traduzido e adaptado pela equipa de Sábias Palavras

Fonte: Thought Catalog

Autora: Rania Naim

VEJA TAMBÉM




Sábias Palavras
Relaxa, dá largas à tua imaginação, identifica-te!