No passado dia 1 de Setembro, as Bahamas foram atingidas pelo furacão Dorian em categoria 5, a maior na escala Saffir-Simpson, tendo sido um dos mais devastadores furacões da história do país, arrasando as diversas ilhas pelas quais passou e causando a morte a pelo menos 50 pessoas, além dos milhares de desaparecidos e das inúmeras vítimas que acabaram feridas e não têm sequer onde morar.

Mas se as perdas humanas já são demasiadas, então nem vamos falar dos animais, domésticos ou não, que infelizmente não tiveram quem os ajudasse a sobreviver a esta tempestade tão catastrófica.

“(…) no seu quarto, chegaram a estar 79 cachorros (…)”

Felizmente, houve quem pensasse nestes seres indefesos e tentasse tudo o que estivesse ao seu alcance para que estes tivessem um tecto onde se abrigar, e foi precisamente esse o caso de Chella Phillips, uma mulher que acabou por salvar 97 cachorros ao levá-los para a sua própria casa. Segundo a mesma, no seu quarto, chegaram a estar 79 cachorros, que, apesar do reduzido espaço, conseguiram “poupar a cama” de Chella, mantendo-se no chão.

Crédito: Facebook / Chella Phillips
Crédito: Facebook / Chella Phillips
Crédito: Facebook / Chella Phillips

Chella dirige o abrigo de animais The Voiceless Dogs of Nassau em Nova Providência, a ilha mais populosa das Bahamas, tendo decidido levar alguns dos animais para a sua casa ao saber que a ilha iria ser atingida pelo furacão. Contudo, “alguns animais” acabaram por se tornar em 97, tendo Chella conseguido levar os que se encontravam doentes e precisavam de cuidados extra.

Crédito: Facebook / Chella Phillips

Apesar da confusão e do susto, felizmente, todos os animais se encontram bem, e tudo graças à generosidade e compaixão de Chella, que ao partilhar a situação na sua página do Facebook numa publicação que acabou por viralizar na rede social, ressaltou também a importância de lembrar que a reabilitação após um furacão pode ser a parte mais difícil.

“Podemos não ter sido atingidos com tanta força quanto as outras ilhas, e a parte mais triste é que, depois do furacão deixar as Bahamas, algumas ilhas levarão muito tempo para se recuperar.Cada ilha tem muitos cães sem teto, o meu coração está partido por aqueles que não têm um lugar para se esconder de um monstro de CAT 5 e somente Deus pode protegê-los agora.”

Fonte: Daily Mail

Imagem de capa: Reprodução / Facebook

VEJA TAMBÉM




Sábias Palavras
Relaxa, dá largas à tua imaginação, identifica-te!