Muitas pessoas ainda pensam que para uma mulher se sentir feliz e completa, ela deve ter a experiência de ser mãe.

Mas, hoje em dia cada vez mais comum, existem pessoas que simplesmente querem viver suas vidas livremente, sem outras responsabilidades além do trabalho e ser mais capaz de economizar algum dinheiro para férias.

Uma mulher americana de 52 anos, afirma ter tido uma vida maravilhosa graças ao fato de nunca ter tido filhos.

Jessica Hawk

Jessica Hawk revela que desde criança, nunca se interessou em ter uma boneca porque não gostava da brincadeira de “ter que cuidar de bebês”. Já na adolescência, quando teve seus primeiros namorados, estava decidida que nunca queria filhos.

A mulher se casou e muitos ainda perguntaram sobre “quando teriam filhos”, talvez pensando que todo relacionamento deve gerar descendentes.

“As pessoas sempre diziam que eu mudaria de ideia. E mesmo no dia do meu casamento alguém me perguntou quando vou ter bebês, mas é minha escolha não tê-los e é uma escolha deliberada. Eu tive tanta liberdade para perseguir meus sonhos. Acho que filhos e maternidade são incríveis, mas não são para mim, apesar do que qualquer um diga.”, disse Jessica Hawk ao SWNS.

Jessica Hawk

Apesar de o casamento não ter resultado, o divórcio não foi por falta de filhos. Ambos estavam decididos que não queriam ter filhos apesar da insistência de outras pessoas.

Jessica é professora e tutora internacional da Glassboro, e isso a permitiu ensinar crianças de diferentes partes do mundo. “Tive tantas experiências incríveis e não tive que pensar em ninguém além de mim mesmo, então pude aproveitar a oportunidade”, disse.

Além disso, as pessoas lhe dizem que ela não terá ninguém pra cuidar dela na velhice, mas isso não é motivo de preocupação para Jessica, que não quer trazer filhos ao mundo apenas para “garantir cuidados” se precisar em idade mais avançada.
Ela já viveu mais de meio século e nada a fez mudar de ideia, ela está feliz por ter ficado sem filhos para sempre.

Para ela foi a melhor escolha e ela não liga para a pressão social, não é uma obrigação na vida dela. Ela só se preocupa em continuar viajando e ensinando seus alunos.

Jessica Hawk

“Acho que filhos e maternidade são incríveis, mas não são para mim, apesar do que dizem”, diz essa profissional que aproveitou a vida viajando e fazendo o que ela mais gosta: ensinando!

Imagem de Capa: Reprodução

VEJA TAMBÉM






Relaxa, dá largas à tua imaginação, identifica-te!