Depois de sair para comemorar o aniversário de uma amiga, a britânica Leoni Fildes teve uma brilhante ideia.

A mulher de 34 anos, dona de uma empresa de cuidados com cães, estava com um grupo de amigos quando começaram a conversar sobre a tragédia na Ucrânia, país devastado pela guerra, e discutiam o que eles poderiam fazer para ajudar.

Quando perguntada se seu namorado, que é militar, fosse obrigado a lutar se o Reino Unido entrasse na guerra, ela rebateu dizendo que, se ele entrasse, ela iria com ele.

Leoni conta que havia bebido “alguns gins rosa duplos e doses de Sambuca” e uma garrafa de prosecco quando, bêbada, pensou que era a hora de agir. Então ela decidiu pedir um Uber de Manchester, na Inglaterra, para a Ucrânia.

Ela abriu o aplicativo Uber e chamou um táxi – a viagem lhe custaria 4.578 libras (cerca de 29.963,51 Reais). Embora tenha sido cancelado devido a “saldos insuficientes”, ela diz que o aplicativo tentou receber o pagamento nove vezes.

Kennedy News and Media

Leoni só se lembrou de sua ousada tentativa quando seu banco ligou para ela na manhã seguinte preocupada com atividades fraudulentas em sua conta. Ela conta que agora está feliz por não ter dinheiro suficiente em sua conta e questionou o que poderia ter acontecido se ela tivesse embarcado na viagem.

“Tive um pequeno flashback quando o banco ligou e eu disse ‘acho que fui eu – desculpe’. Normalmente, o Uber permite uma viagem com antecedência, mas eles a interromperam, então tive sorte.”, explicou Leoni.

“Depois que fizemos isso, eu não consegui pegar um táxi por cerca de uma hora e meia. Eles estavam me permitindo ir para a Ucrânia, mas não 10 minutos na estrada de volta para casa.”

Kennedy News and Media

A longa viagem teria lhe custado uma fortuna. Mas, felizmente, a viagem foi recusada devido a “saldos insuficientes” em sua conta.

Imagem de Capa: Kennedy News and Media/ Leoni Fildes

VEJA TAMBÉM






Relaxa, dá largas à tua imaginação, identifica-te!