Como muitos artistas, Emily Zamourka, atualmente com 55 anos, ganhava a vida com sua música.

Talentosa, ela tocava seu violino nas ruas e desta forma conseguia dinheiro para ajudar nos gastos com seu tratamento de câncer e também pagar o aluguel e alimentação.

No entanto, um dia ela teve seu violino roubado. Dois homens tentaram pegar o ladrão, que arremessou o instrumento no chão, deixando-o destruído.

O mundo desabou para Emily, pois sem seu instrumento de trabalho, e sem ter condições para comprar outro, ela acabou ficando sem dinheiro para pagar as contas.

Desta forma, Emily foi despejada e passou a viver nas ruas. Ela tinha medo de tudo e viu coisas que nem sonhava serem possíveis.

Sem seu instrumento, ela usava a voz para expressar seus sentimentos, mesmo sem nunca ter feito aula de canto.

Um dia, na estação de metrô Purple Line em Los Angeles, um policial que patrulhava a área a ouviu cantando.

Emocionado, ele gravou e publicou no Twitter do seu batalhão, sem imaginar o que aconteceria.

Emily cantava de forma doce e triste a ária de Giacomo Puccini, “O mio babbino caro“. Veja o momento e tente conter as lágrimas, é comovente:

Depois disso, o incrível talento de Emily se tornou conhecido por milhares de pessoas, que sensibilizados por sua história, fizeram uma vaquinha, que arrecadou mais de 80 mil dólares, além de a presentearem com outro violino e uma casa para ela morar.

Imagem de Capa: Reprodução

VEJA TAMBÉM






Relaxa, dá largas à tua imaginação, identifica-te!