Sara Geurts, de 31 anos, tem uma condição rara de pele, mas isso não faz com ela não sinta um tremendo amor próprio. Apesar das muitas rugas, muito evidentes, numa idade tão precoce, ela decidiu sorrir para a vida e foi mais longe, lutou para se tornar um exemplo de positividade. Há algum tipo de exemplo que o mundo dos nossos dias esteja a precisar mais?

”És linda e podes atingir tudo o que quiseres”

Quando ela tinha apenas 10 anos, foi diagnosticada com uma condição genética que reduz a produção de colágeno, o que resulta em pele mais frágil e daí a aparência enrugada tão cedo na sua vida. Nessa fase ela sentiu que o seu sonho de se tornar modelo estava destruído… mas a vida tinha reservado outros planos para o seu futuro.

Quando em 2015 ela decidiu submeter a sua história para a campanha Love Your Lines (Ame As Suas Linhas), um projeto sobre “imperfeições” de pele, admitiu que a sua pele era a sua maior insegurança e que durante a escola a tentava esconder. Não queria sequer falar sobre isso.

”Vivia uma mentira”

A aceitação nessa campanha acabou por ter um efeito maravilhoso na sua vida. Decidiu abraçar a sua diferença, e mais até, buscar novamente a carreira de modelo com que sonhou em criança.

“A cada nova oportunidade, notei na minha força, crescimento e a minha perspectiva mudou”

Rapidamente decidiu que mais que isso, queria fazer da sua missão de vida a expansão dos padrões de beleza da indústria da moda e da beleza e inspirar outras pessoas que pudessem passar por situações semelhantes.

“O meu objetivo é quebrar as barreiras sociais de perfeição. Barreiras essas que subliminarmente nos dizem que temos de ser perfeitos em todos os aspectos da vida, social, pessoal e de trabalho”

Créditos da imagem de capa Sara Geurts





Relaxa, dá largas à tua imaginação, identifica-te!