O pequeno Nolan Scully foi diagnosticado com rabdomiossarcoma – um tipo de câncer com crescimento rápido que pode se desenvolver nos tecidos moles (tais como músculos) em quase qualquer lugar do corpo – quando ele tinha apenas 3 anos de idade.

Quando sua luta para sobrevivência infelizmente chegou ao fim, Nolan não se deteve no pensamento da morte, mas enfatizou sua fé. Consciente de que logo iria falecer, ele disse a sua mãe, Ruth, que iria apenas esperar por ela no céu.

Depois que ele foi diagnosticado, a família de Nolan criou uma página no Facebook que compartilhava os bons e os maus momentos de sua jornada.

Nolan queria se tornar um policial e servir sua comunidade como seu pai Jonathan, que era bombeiro. Jonathan se afastou do serviço assim que o diagnóstico de seu filho foi feito.

Durante sua permanência no hospital, o Comissário de Polícia da cidade realizou seu sonho ao empossá-lo como policial honorário. Neste dia extraordinário, ele se tornou o sargento Rollin’ Nolan.

Muitas pessoas torciam pela recuperação de Nolan, incluindo familiares e estranhos. Eles nunca esquecerão esses dias de partir o coração.

“Nós sentamos com toda a equipe dele. Quando sua oncologista falou, vi a pura dor em seus olhos. Ela sempre foi honesta conosco e lutou ao nosso lado o tempo todo. Mas sua tomografia computadorizada atualizada mostrou grandes tumores que cresceram comprimindo seus brônquios e coração dentro de quatro semanas após a cirurgia de tórax aberto. O Rabdomiossarcoma Alveolar Metastático estava se espalhando como fogo. Ela explicou neste momento que não achava que o câncer dele fosse tratável, pois havia se tornado resistente a todas as opções de tratamento que tentamos e o plano seria mantê-lo confortável, pois ele estava se deteriorando rapidamente.”, compartilharam na página no Facebook.

Nenhuma palavra pode expressar o quão difícil deve ter sido para a família processar essa notícia. A mãe de Nolan teve que ser forte para contar ao filho o que estava acontecendo. Surpreendentemente, sua reação mostrou quão pura e forte sua fé realmente era. Nolan não demonstrou medo da morte. Ele até disse a ela que a esperaria no céu.

A mãe de Nolan compartilhou uma das conversas que teve com o filho durante os últimos dias antes de sua morte, no qual, com o coração despedaçado, disse a ele que a maneira de mantê-lo seguro era no céu. Então respondeu: “Então, eu vou para o céu e jogar até você chegar lá! Você virá, certo?”

O menino de 4 anos e sua família aproveitaram o pouco tempo que lhe restava curtindo a companhia um do outro. Nolan adorava ter sua mãe perto dele para que pudesse vê-la e abraçá-la.

No último dia de sua vida, Ruth foi tomar um banho rápido e pouco tempo depois que ela fechou a porta do banheiro, seu filho fechou os olhos e adormeceu profundamente, chegando ao fim de sua curta, mas linda vida.

Quando ela saiu do chuveiro, o pequeno Nolan estava cercado por toda a sua equipe médica. Enquanto Ruth estava no chuveiro, seu filho entrou em coma e seus pulmões entraram em colapso.

“Eu corri e pulei na cama com ele e coloquei minha mão no lado direito de seu rosto. Então um milagre que eu nunca vou esquecer aconteceu. Meu anjo respirou fundo, abriu os olhos, sorriu para mim e disse ‘Eu te amo mamãe’, virou a cabeça para mim e faleceu enquanto eu cantava ‘You are My Sunshine’ em seu ouvido”.

Quando a mãe de Nolan compartilhou memórias dele online, ela incluiu uma fotografia lado a lado do chão do banheiro. O pequeno Nolan adorava deitar no tapete do lado de fora do chuveiro.

Embora seja difícil para a família aceitar a perda do pequeno Nolan, eles sabiam que ele era uma criança de grande fé. Seu adeus foi apenas temporário, e este pensamento continua a dar-lhes conforto até hoje.

Imagem de Capa: Facebook

VEJA TAMBÉM






Relaxa, dá largas à tua imaginação, identifica-te!

37 COMENTÁRIOS

Comments are closed.