Só quem tem filhos sabe o quão difícil pode ser educar uma criança. Agora imagina como será para uma criança de 11 anos criar os seus três irmãos mais novos completamente sozinho! Foi precisamente isso que Juan Pablo fez, após ele e os seus irmãos terem sido abandonados pela sua mãe.

Sem nunca terem conhecido o seu pai, Juan e os seus irmãos sempre viveram com a sua mãe, até esta desaparecer e os deixar completamente sozinhos, sem ninguém para tomar conta deles.

Desde então, o pequeno Juan tem feito de tudo para garantir que não falta nada aos seus irmãos, acabando por ter sido obrigado a pedir esmola para comprar comida e até, nos dias em que não ganhava o suficiente, ir buscar restos ao lixo. Contudo, nunca deixou que os seus irmãos faltassem às aulas, chegando ele mesmo a levá-los à escola.

Quanto tempo estes quatros irmãos estiveram nesta situação, ninguém sabe. Todavia, a sua história foi descoberta em 2016, após um certo dia os vizinhos terem chamado a polícia devido a gritos que se ouviam vindos de casa de Juan. Segundo estes, um dos pequenos não parava de chorar e, preocupados com o que poderia ser, decidiram chamar as autoridades.

Ao chegarem à casa, os agentes verificaram que um dos meninos havia caído e chorava de dores. Mas o que os deixou completamente chocados foi aperceberem-se que viviam sozinhos.

Apesar de tudo, as crianças estavam em perfeita saúde, graças ao excelente trabalho, dedicação e amor do pequeno Juan.

“Não se sabe quanto tempo eles moraram sozinhos, mas a verdade é que Juan fez um trabalho extraordinário, ele é um herói”, disse um dos moradores da região numa entrevista a um jornal.

Desde que a notícia saiu para o Mundo, não se soube mais informação relativamente aos irmãos, que acabaram por ficar entregues ao Estado. Esperemos que tenham conseguido ficar todos juntos e que tenham a vida que realmente merecem ter. Ainda assim, Juan é sem dúvida um guerreiro que deu uma verdadeira lição de vida a muitos adultos por todo o Mundo!

VEJA TAMBÉM




Sábias Palavras
Relaxa, dá largas à tua imaginação, identifica-te!