E aqui estou eu, mais uma vez agarrada a tua camisola a mandar-te uma mensagem de boa noite, mais uma vez a morrer de saudades tuas, mais uma vez com uma vontade enorme de estar contigo, mais uma vez a ouvir a nossa música, mais uma vez sem ti aqui comigo.

Às vezes sonho contigo e acordo de repente, procuro-te na minha cama, mas infelizmente, não te encontro…Reparo que foi tudo um sonho, que ainda falta algum tempo para poder adormecer nos teus braços todos os dias, para poder dormir segura …

Preciso de ti aqui, comigo, agora e para sempre.

Sei que me amas tanto quanto eu te amo, mas por vezes dou por mim a perguntar porque é que a distância existe, será boa ou má a sua existência?

Não sei. É má porque não me deixa estar contigo todos os dias, não me deixa ver-te quando me apetece, ouvir-te quando quero..

Mas, será que se não houvesse esta distância entre nós nós éramos assim? Assim tão prefeitos? Será que dávamos valor aos mínimos cinco minutos que podemos estar juntos numa semana? Será?

Não sei, nem quero saber. Sou feliz assim, pelo que és, pelo que sou graças a ti, por tudo. Sou feliz por saber que és meu e só meu, por saber que além de namorado és o meu melhor amigo, és aquele a quem posso contar todos os meus segredos e os meus medos e saber que estão seguros, és o tal.

És quem eu quero para o resto da minha vida, é contigo que me quero casar, é contigo que quero ter filhos, é ao teu lado que quero que a minha vida acabe .

Foste a melhor coisa que me aconteceu, amo-te ! Dorme bem .

E mais uma vez, amo-te !

Por: Inês Lameira

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS