Por muitos anos que passem e por muita luta que travemos, infelizmente o preconceito continua a existir, e não estamos a falar entre “raças”, etnias, religiões, mas em tudo, até no simples “apenas de menino” ou “apenas de menina”.Recentemente, Yokohamma Coronado, uma mãe de menino, acabou por escrever uma publicação na sua página do Facebook em tom de desabafo, após lhe ter acontecido uma “situação bem engraçada”, como a mesma descreveu.

Segundo esta, no dia em questão havia ido passear com o seu filho Stefan ao shopping, quando o pequeno viu uma série de bolsas com bichinhos desenhados e pediu-lhe para comprar uma para si. Apesar da mãe dizer que ele já tinha mochilas e que não precisava de uma bolsa, este insistiu tanto que esta acabou por aceitar comprar uma e disse então para ele escolher.

Foi então que o menino, indeciso sobre qual deveria levar, decidiu pedir a opinião de um outro menino que estava ao seu lado acompanhado pela mãe, mas qual não foi o seu espanto quando este respondeu que não gostava de nenhuma, pois eram de menina.

Perante tal situação, a Yokohamma baixou-se e disse ao pequeno Stefan que o seu preferido era o Panda e perguntou-lhe qual era o dele, ao que ele respondeu timidamente que era o Pinguim. Então a mãe pegou na bolsa, comprou e deu ao pequeno, dizendo-lhe “você pode usar o que você quiser, não tem essa se é de menina, se você gosta pode usar sim, tá bom? E você ta lindo um principe com sua bolsa nova”.

NÃO CRIE CRIANÇAS PRECONCEITUOSAS POR FAVORHoje aconteceu uma situação bem engraçada no shopping : entrei na Daiso…

Posted by Yokohamma Coronado on Sunday, December 29, 2019

A partilha desta mãe acabou por viralizar com mais de 70 mil gostos e 5,9 mil comentários de pessoas que parabenizaram a sua atitude, dando um verdadeiro exemplo do que deveria ser a educação de todas as crianças deste mundo.

VEJA TAMBÉM




Sábias Palavras
Relaxa, dá largas à tua imaginação, identifica-te!