Uma mãe acredita que a privacidade dos seus filhos não é algo muito importante, já que ela admitiu que checa os celulares deles de vez em quando.

Laura Muse, uma mãe de 41 anos, que mora com a família na Carolina do Norte, nos Estados Unidos, tem uma rotina de confiscar os celulares dos dois filhos, Cohen e Kylie, todas as noites antes de dormirem.

Ela faz isso para evitar que eles fiquem acordados até tarde nas redes sociais e conversando com os amigos. Mas, além disso, algumas noites ela também aproveita a condição de tê-los em mãos para verificar o que os filhos fazem em seus dispositivos móveis.

Laura defende suas ações dizendo “Seus meus celulares, eu pago por eles. Posso revisá-los sempre que quiser.” Ela acrescentou que “as pessoas acham que é um desrespeito ou uma invasão de privacidade, mas é assim que eu faço as coisas”.

A mãe dos adolescentes, que trabalha como profissional de saúde mental, pensa que só está sendo uma boa mãe que zela pela integridade dos filhos, por isso não se arrepende.

Cohen e Kylie adquiriram seus telefones com 11 anos, e sua mãe sempre ficou de olho no que eles fazem.

No início, ele fazia inspeções de surpresa e, embora os filhos não gostassem muito, entregavam os aparelhos sabendo que era o preço que tinham de pagar por eles.

Agora que são adolescentes, Laura conta que ainda faz suas revisões, embora afirme que confia em seus filhos.

Laura publicou um vídeo no TikTok onde ela admite toda a situação e isso causou um grande debate na Internet, pois muitas pessoas defendiam suas ações enquanto outros condenavam como uma “invasão de privacidade”.

@museparty

I feel the same when I read his comment section🥴🤦🏼‍♀️ #nobigdeal #raisingteens #cohenmusey #musecrew

♬ original sound – Hannah Bate

O que você acha disso? Vocês verificam ou verificariam os celulares de seus filhos?

Imagem de Capa: Reprodução

VEJA TAMBÉM






Relaxa, dá largas à tua imaginação, identifica-te!