Uma mulher e seu noivo teve que recorrer a comer apenas uma vez por dia para que consigam alimentar adequadamente seus três filhos à medida que a crise do custo de vida só piora.

O casal britânico Kate Worby e seu noivo Charles Skudder, ambos de 29 anos, estão desnutridos e lutam para combater até mesmo resfriados comuns, mas precisam fazer o sacrifício por seus filhos.

Apesar de longas horas de trabalho em três empregos, que incluem ser cuidador, animador, manobrista e ainda estudante em tempo integral, o casal esforçam-se para sobreviver devido ao aumento significativo do custo de vida que afeta não só o Reino Unido, mas países do mundo todo.

Kate tem um negócio de animadora infantil e também trabalha como cuidadora e faxineira. Charles é estudante universitário em tempo integral que também administra um negócio de manobrista e trabalhou no período noturno como cuidador em uma casa de repouso local até recentemente fechar.

Kate e Charles tiveram que passar por extremos para garantir que seus pequeninos sejam alimentados.

Eles fazem o que podem para colocar alimentos nutritivos na mesa para seus filhos Alice, 8, Oliver, 4 e Edward de 1 ano, dedicando cerca de 80% da compra de alimentos somente para os filhos.

Imagem: Kate Worby/DEVON LIVE/BPM MEDIA)

De acordo com publicação no The Mirror, Kate prefere comer uma refeição por dia, passar fome, mas garantir que seus filhos permaneçam saudáveis e muitas vezes vende seus pertences para manter as coisas funcionando e sustentar meus filhos.

“Eu não aceitaria de outra maneira. Faríamos qualquer coisa por nossos filhos e para sustentá-los.”, disse Kate. “Como pais, fazemos todos os cortes ou sacrifícios para garantir que eles tenham tudo o que precisam.”

Normalmente, seus filhos fazem refeições escolares durante a semana ou um sanduíche no almoço, junto com macarrão ou um prato com batata, como salsichas e purê no jantar.

Para um lanche, eles comem maçãs, bananas ou passas para garantir que estejam comendo cinco refeições por dia.

Para Kate e Charles, no entanto, sua única refeição por dia é o restante do que eles cozinharam para as crianças ou um pouco de torrada com queijo.

Imagem: Kate Worby/DEVON LIVE/BPM MEDIA)

Por fazer apenas uma refeição por dia, Kate bebe xícaras de chá para se sentir satisfeita e “enganar” a fome.

Como resultado, o casal está exausto, mental e fisicamente, e sofre de um sistema imunológico enfraquecido, incapaz de combater doenças comuns.

Além da falta de alimentos, a família também se deparou com escolhas difíceis, que foi se “aquecer ou comer”.

Kate disse: “Ninguém poderia prever em que situação terrível nos encontraríamos, não importa quantos filhos você tenha. Não estávamos preparados para a explosão de aumento de preços que veio sem aviso e incrivelmente logo depois que as pessoas estavam começando a se recuperar após a pandemia.”

“Nós nunca vimos isso acontecer e faremos o que pudermos para superar – mas não há absolutamente nenhuma maneira de nossos filhos sofrerem por isso.”

A família faz com que os alimentos rendem aumentando suas refeições com vegetais e, se as crianças estiverem com fome, os pais desistem do jantar dando prioridade aos filhos.

Imagem de Capa: Kate Worby/DEVON LIVE/BPM MEDIA)

VEJA TAMBÉM






Relaxa, dá largas à tua imaginação, identifica-te!