Depois de anos lutando com a infertilidade, Katie Page ainda estava interessada em começar uma família após o seu divórcio.

Mesmo solteira, ela decidiu procurar um centro de adoção e foi depois de receber um e-mail do seu pastor que sua vida mudou para sempre.

Em 2016, a americana do Colorado recebeu uma chamada do nada de um assistente social pedindo-lhe para acolher uma criança necessitada.

Era um bebê recém-nascido de apenas 4 dias – foi entregue a um hospital local e ainda nem sequer tinha um nome. Katie concordou imediatamente em acolhê-lo.

Ela o chamava de “Grayson”, e como os pais da criança nunca se identificaram, os seus direitos legais foram extintos pelo tribunal 11 meses mais tarde, tornando Kate candidata à adoção oficial.

E assim, o desejo de Kate de ser mãe tornou-se realidade!

No entanto, ela aguardava com expectativa o dia em que pudesse adotar um irmão para Grayson. Mas o plano era esperar algum tempo antes de aumentar a família.

Com apenas algumas semanas após de finalizada a adoção de Grayson, Kate recebeu uma chamada de outro assistente social dizendo que outro bebê recém-nascido tinha acabado de ser entregue, no mesmo hospital onde Grayson nasceu.

Grayson agora tinha uma irmãzinha, chamada Hannah.

Embora não fosse permitido saber nada sobre a mãe biológica, o primeiro nome da mulher estava na pulseira de identificação do bebê. Era o mesmo nome que estava na de Grayson quando nasceu.

Após conseguir localizar a mãe biológica, foi confirmado que ela tinha dado à luz a dois bebês no mesmo hospital naqueles momentos.

Os testes de DNA confirmaram que eram meios-irmãos.

Sem imaginar ser possível, ela reuniu parte de uma família. E, presumivelmente, a mãe biológica facilitou o processo judicial quando Kate adotou formalmente Hannah.

Mas esse ainda não é o fim da história desta família.

Depois de um tempo apareceu uma terceira criança que também era irmão de Grayson e Hannah.

Jackson juntou-se à família em Agosto de 2018.


Ao se ver com 3 filhos menores de 3 anos, as coisas nem sempre são fáceis, mas Katie não o quereria de outra forma.

A família é como qualquer outra, com vitórias e desafios ao longo de toda a viagem. E é incrível que estes irmãos tenham acabado todos debaixo do mesmo teto graças a uma mulher com um grande coração.

Imagem de Capa: Instagram

VEJA TAMBÉM






Relaxa, dá largas à tua imaginação, identifica-te!