Jamal Musiala, aos 19 anos, se encontra em destaque do Bayern de Munique, teve formação por equipes inglesas e teve até passagem pela seleção rival antes de defender país natal.

Jamal nasceu em Sttutgart, na Alemanha, mas sendo filho de nigeriano e criado na Inglaterra. Ele tinha uma escolha difícil a ser feita sobre o seu futuro no mundo do futebol.

Ina Fassbender/AFP

Para fazer essa escolha, ele conta ter ouvido seu coração. No dia 23 de novembro, quarta-feira, o jogador do Bayern de Munique estreiou como o novo prodígio da seleção alemã na Copa do Mundo do Catar. O país europeu encarou o Japão, no estádio Internacional Khalifa e perdeu a partida por 2 a 1 para o adversário.

Nascido em 26 de fevereiro de 2003, Musiala mudou-se com apenas 7 anos para a Inglaterra para jogar pelo Southampton. No país, defendeu as seleções sub-15, sub-16, sub-17 e sub-21.

Se destacando, foi em direção as categorias de base do Chelsea. E foi nesse time, que se consolidou como um dos nomes mais promissores entre os jovens jogadores.

Assim, surgindo nas equipes juvenis da Inglaterra, ao lado de Jadon Sancho, do Manchester United, Jude Bellingham, do Borussia Dortmund e Bukayo Saka, do Arsenal.

Buda Mendes/Getty Images

Embora a decisão de defender a seleção alemã tenha sido difícil, o jogador explica que foi inevitável. Se tornando o atleta mais jovem em defender a Alemanha em um grande torneiro.

“Tenho um coração pela Alemanha e um coração pela Inglaterra. Ambos os corações seguirão batendo. (…) A Inglaterra é uma casa para mim. Pensei muito nessa questão. “O que é melhor para o meu futuro?” “Onde eu terei mais chances de jogar?” No fim, apenas escutei a sensação que, há um bom tempo, vinha me dizendo que a decisão certa era jogar pela Alemanha, a terra em que nasci”, disse ao The Athletic.

Cada vez chamando mais a atenção, o jogador, na atual temporada pelo Bayern de Munique, se destaca pela sua velocidade, dribles e boa finalização de longa distância. Podendo atuar como atacante ou como meio-campista.

Tendo tantos atributos assim, a expectativa nesse jovem é fatal. O jovem é um dos favoritos para o Prêmio de Jogador Revelação na Copa do Mundo.

CNN

Sobre a performance do jogador, ele chuta com bastante força e é destro, embora sua principal arma seja a habilidade de chutar com qualquer uma das duas pernas. “Eu sou o melhor jogador aqui”, diz ele. Mesmo tímida, a frase não pode ser contestada.

Imagem de Capa: CHRISTOF STACHE/AFP via Getty Images

 

VEJA TAMBÉM






Relaxa, dá largas à tua imaginação, identifica-te!