O concorrido concurso de beleza Miss Universo já está escalando para à cerimônia final, onde nas suas preliminares, já se podem ver as primeiras favoritas do público e uma das destaques desta edição é a Miss Tailândia.

A tailandesa Anna Sueangam-iam surpreendeu o público e o júri do evento com um vestido feito de “lixo”, mas que possui um significado muito especial dada a sua origem humilde.

Seu pai é catador de materiais recicláveis e sua mãe faxineira, porém, a jovem não se envergonha de suas origens humildes, pelo contrário, sente orgulho de todo esforço dos pais.

A jovem sofria provocações e preconceito pelo trabalho de seus pais enquanto crescia, no entanto, isso não a afetou e ela se formou na Universidade de Kasetsart com um Bacharel em Artes pela Faculdade de Artes e Ciências Liberais.

Embora Anna Sueangam-iam já ter sido chamada de “rainha do lixo”, ela decidiu enviar uma mensagem poderosa ao mundo depois de usar uma peça com partes de latas de bebida, que ela chamou de “vestido de diamantes preciosos escondidos”.

Desta forma, ela quis representar e homenagear o pai que catava lixo com um vestido especial feito de lacres de latas de alumínio e diamantes swaroski.

“Anna usou um vestido reciclado exclusivo criado pela MANIRAT. É feito de lacres de latinhas de alumínio usadas na Swarovski, moldadas em um vestido frente única com uma fenda frontal. Em um olhar mais atento, podemos ver a armação em cadeia com abas incrustadas de diamantes que compõem o corpo de pano”, diz a organização Miss Tailândia no Instagram.

“Não é sobre o vestido que você veste, mas é sobre a vida que você leva no vestido.“ —  Diana Vreeland.

Depois de expor sua humilde origem e como ela progrediu, a Miss Tailândia disse: “Você não deve ficar preso no ambiente sombrio em que nasceu, acredite que você tem o poder de mudar sua própria vida para melhor”.

Imagem de Capa: Instagram





Relaxa, dá largas à tua imaginação, identifica-te!