Sadhu Amar Bharati é um indiano que acabou por se tornar famoso por todo ao Mundo ao permanecer com o seu braço direito levantado há já 40 anos, não só por devoção ao seu deus, Shiva, como uma forma de protesto em prol da paz mundial.

Tudo começou em 1970, quando Sadhu decidiu deixar a comodidade da sua vida boa de classe média para se tornar num mendigo. Como um devoto de Shiva, este não se sentia bem ao ter uma vida mediana num país em que a maioria das pessoas são pobres, tendo por isso decidido deixar tudo e todos como uma forma de homenagem ao seu deus.

Contudo, três anos depois ainda não se sentia satisfeito com a sua devoção, tendo decidido fazer algo mais radical ao levantar o seu braço apontando para o céu e não o voltar a baixar nunca mais. Sim, percebeste bem…NUNCA MAIS!!

Sadhu admitiu que inicialmente as dores eram bastantes, chegando mesmo ao ponto de serem quase insuportáveis, devido às cãibras e ao cansaço. Contudo, à medida que o tempo foi passando, a dormência começou a surgir e os músculos acabar por atrofiar de tal forma que o braço passou a conseguir estar levantado por ele mesmo, não precisando de qualquer apoio. Desde então que permanece sempre erguido, nunca o tendo baixado para nada, nem mesmo para cortar as unhas que já se enrolam de tão compridas que estão!

De acordo com uma entrevista que o homem deu a Oneindia em 2010, Sadhu explicou que o que estava a fazer fazia parte de um tipo de penitência, que foi feita no passado por outros homens sábios, estando simplesmente a manter a tradição: “Isto é conhecido como Oordhaman Tapasya (um tipo de penitência em que dedicas uma parte do teu corpo ao Todo Poderoso). É algo que os santos têm feito por muito tempo; apenas continuo a tradição. Não é essencial que tenha um tempo “.

Este tipo de sacrifício pode até parecer um exagero para nós, mas na realidade até é bastante comum para o povo indiano, que vê Sadhu como um homem santo pelo facto de ter deixado todo o seu conforto e luxo para se dedicar à sua profunda devoção por Shiva, tendo mesmo inspirado muitos outros devotos do hinduísmo a fazerem o mesmo. Alguns dos seus seguidores chegaram a ter um braço levantado por 10 anos.

Fonte: Hoax or Fact

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS