Uma ex-modelo brasileira da Versace revela que gastou cerca de US$ 600 mil – aproximadamente 3.253.140,00 reais – em cirurgias plásticas para se transformar em uma sósia de Kim Kardashian. E agora teve que desembolsar US$ 120 mil – cerca de 650.628,00 Reais – para “destransição” e voltar à sua aparência original.

Jennifer Pamplona, de 29 anos, fez mais de 40 procedimentos estéticos ao longo de 12 anos em uma tentativa de ficar o máximo parecida com a superestrela Kardashian, até perceber que sua felicidade era apenas superficial.


“As pessoas me chamavam de Kardashian e isso começou a ficar chato”, disse a brasileira. “Eu trabalhava e estudava e era empresária. Fiz todas essas coisas e tive todas essas conquistas na minha vida pessoal, mas só estava sendo reconhecida porque parecia uma Kardashian.”

Jennifer Pamplona passou por uma dolorosa “destransição” para tentar reverter os mais de 40 procedimentos de cirurgia plástica que ela teve para se parecer com Kim Kardashian. Ela espera que a cirurgia de “destransição” a ajudem a se parecer mais com seu eu original novamente.

Reprodução/New York Post

Entre seus mais de 40 procedimentos estavam três rinoplastias e oito cirurgias em seu bumbum, incluindo implantes de glúteos e injeções de gordura, para imitar o bumbum superdimensionado de Kardashian.

“Fiz um lifting de rosto e pescoço, remoção de gordura bucal, cirurgia de olho de gato, lifting de lábios e plástica de nariz de uma só vez”, disse ela. “Entrei na sala de cirurgia como uma pessoa e saí como outra.”

Sua transformação em Kardashian rapidamente a ajudou a atrair atenção internacional, conquistando mais de 1 milhão de seguidores no Instagram – mas a felicidade não seguiu.

“Descobri que estava viciada em cirurgia e não estava feliz, estava colocando preenchimento no rosto como se estivesse no supermercado”, admitiu Pamplona, de acordo com publicação no New York Post.

“Era um vício e entrei em um ciclo de cirurgias que equivale a fama e dinheiro, simplesmente perdi o controle de tudo. Passei por muitos momentos difíceis”.

Depois de anos de “investimento” em seu corpo e rosto, Jennifer percebeu que estava sofrendo de dismorfia corporal e queria voltar à sua aparência real. Foi em Istambul que ela descobriu um médico que disse que poderia ajudá-la a voltar à sua aparência original.

O custo das operações não foi barato, além de toda dor da cirurgia e sua recuperação.

Reprodução/New York Post
Reprodução/New York Post

“A melhor sensação é saber que não estou mais brigando comigo mesmo”, disse Pamplona. “Agora sou quem eu queria ser e agora realmente entendo o significado da vida.”

“Tem gente que faz [cirurgia] para parecer bem no Instagram, mas a vida não é perfeita, e ser viciada em cirurgia não é uma coisa boa”, explicou ela, revelando que está trabalhando em um documentário, intitulado “Addiction” sobre os perigos das cirurgias plásticas.


A ex-modelo também fez parceria com um médico para abrir uma fundação no Brasil, com o objetivo de tratar pessoas que sofrem de dismorfia corporal.

Imagem de Capa: Reprodução/New York Post

VEJA TAMBÉM






Relaxa, dá largas à tua imaginação, identifica-te!