“Eles me trataram mal. Eles me amaldiçoaram. Acordaram-me cedo e obrigaram-me a trabalhar”, disse ela à CNN.

Com apenas 9 anos, Parwana Malik foi vítima de seu próprio pai. A garota foi vendida e forçada a se casar por conta das tradições antigas de seu país.

Felizmente, Parwana foi resgatada.

De acordo com a CNN, por conta da grande crise que se instala no país, muitos tiveram que tomar medidas drásticas para conseguir sobreviver.

Dessa forma, o pai da criança tomou a decisão de vender a sua filha para um homem de 55 anos. O pai de Parwana conseguiu cerca de 11 mil reais em dinheiro, ovelhas e terras.

No entanto, o casamento de menores de 15 anos é ilegal.

Mahbouba Seraj, uma ativista sobre o direito das mulheres, fala: “Geralmente há muita miséria, muitos maus- tratos, muito abuso envolvido nessas coisas”. Ela é quem cuida de um abrigo para mulheres no Afeganistão.

“Alguns deles não aguentam. Na maioria das vezes, eles morrem muito jovens “, conclui.

No entanto, o caso chamou tanta atenção que o homem que a “comprou” sumiu, com isso, Parwana conseguiu fugir junto com sua mãe e seus irmãos.

“Fiquei com raiva, briguei com ele e chorei. Ele disse que não tinha outra escolha”, conta Reza Gul, mãe da criança.

“Meu pai me vendeu porque não temos pão, arroz ou farinha. Ele me vendeu para um velho”, conta a garota, que implorou ao homem para poder voltar a sua família.

Em contrapartida, ele a tratava com crueldade e a “amaldiçoava”.

A jovem desabafa que sempre sonhou em estudar e crescer, no entanto, estava naquela situação.

Por outro lado, a garota está em um lugar seguro.

“Sinto-me tão feliz nesta casa. Eles me deram uma nova vida”, disse ela.

Publicado por Upsocl

Imagem de Capa: CNN





Relaxa, dá largas à tua imaginação, identifica-te!