Você disse que estaria aqui não importa o quê.

Você e muitos outros.

Você sabe, eu entendo. Às vezes nem sempre se pode estar lá para os outros. Todos nós temos nossas próprias coisas para lidar, nossa própria tristeza e frustração. Às vezes é demais aceitar os sentimentos de outras pessoas.

Às vezes, é muito difícil lembrar que os outros têm problemas e você está na vida deles como um conselheiro confiável e amigo verdadeiro. Às vezes, nossos próprios problemas pessoais parecem muito maiores do que o pequeno problema de outra pessoa.

Eu entendo, às vezes você simplesmente não pode ser tudo. Tudo bem.

Mas quando às vezes se torna o tempo todo, é aí que eu fico arrasada.

Como não consigo nomear uma única alma, afastei-me para ajudar. Não consigo pensar em uma única pessoa a quem não respondi, não me importei ou não tentei ajudar em uma situação difícil com a qual ela passou.

Por quê? Porque quando eu digo que sou um verdadeiro amigo, uma pessoa para a vida toda, uma pessoa que fará qualquer coisa por qualquer um – eu realmente quero dizer isso.

Você pode perguntar às dezenas de pessoas, que eu mal conheço, que vieram me pedir conselhos ou me buscar ajuda. Você pode perguntar aos meus amigos mais próximos que me ligaram às 4 da manhã. Você pode até perguntar a algumas das pessoas que mais me machucaram, porque mesmo depois de me esmagarem, eu ainda estava lá para elas.

Não é porque eu não tenho minhas próprias situações, acredite em mim, eu tenho. Mas eu, honestamente, encontro mais alegria em ajudar os outros e fazer o que prometo do que ignorá-lo. Ajudar os outros me ajuda em um sentido, eu acho.

Mas eu entendo, nem todo mundo tem o mesmo coração que eu. Nem todo mundo vai se importar como eles dizem que se importam. Nem todas as pessoas que conheço vão se importar com o meu bem-estar.

Eu só gostaria de ter sabido disso antes.

Mas, infelizmente, acabei de chegar a essa conclusão. Passei muito tempo me perguntando o que fiz com você, e o resto, para você não se importar comigo. Passei muitas noites tentando pensar no que eu poderia ter dito para fazer você não se importar. Então, isso me atingiu.

Não sou eu. Não é sobre mim. Se fosse, eu não teria um melhor amigo de mais de 19 anos. Se eu fosse tão ruim assim, não seria capaz de manter uma amizade de estados distantes e anos de distância. Se fosse eu, eu seria capaz de inventar algo – qualquer coisa – que eu fiz. Posso ser loira, no entanto, não sou ignorante.

Então esta é a minha carta para você. Este é o meu lembrete de que ainda estou viva, mas não existo mais para você porque você não precisa de nada no momento. Este é meu lembrete de que também tenho problemas, talvez mais do que a maioria, mas nunca recusei sua ajuda ou assistência de qualquer forma. Este é o meu lembrete de que me importo com você, mas não o vejo mais como uma pessoa carinhosa.

Este é o meu lembrete de que quando liguei para você com um ataque de pânico – você não pôde atender porque estava “ocupado”, também conhecido como no bar ou em casa com um amigo diferente.

Este é o meu lembrete de que, quando passei por alguns dos piores momentos da minha vida, você estava muito ocupado para perceber que eu estava desmoronando. Este é o meu lembrete de que chorei e implorei por algum tipo de amigo para me ouvir e me ajudar, e você não queria estar lá .

Este é o meu lembrete para você, que você me deixou no escuro.

Mais importante, este é o meu lembrete de que sou grato a você. Sou grato por você ter aberto meus olhos, o que me forçou a perceber quem são meus verdadeiros amigos. Aqueles que atenderam minhas ligações, que quiseram ajudar, que se certificaram de que eu estava bem dia após dia.

Os que apareceram onde eu estava só para me dar um abraço, que ficaram no telefone comigo por horas às 3 da manhã só para acalmar meu ataque de pânico, quando tinham que acordar em poucas horas.

Estou tão agradecido que você me deixou sem aviso ou razão. Só porque me mostra quem realmente se importou comigo e sempre se importará – independentemente de sua própria vida pessoal.

Quero que saiba que SEMPRE estarei aqui para você, como prometi. Eu absolutamente sempre atenderei suas ligações e responderei às suas mensagens de desabafo, não importa o quão “ocupada” eu possa estar.

Eu me preocupo com você como pessoa e me preocupo com sua saúde mental. Eu me importo com seus problemas e nunca terei problemas em ajudá-lo nos momentos mais difíceis que você encontrar.

Mas você nunca vai ser aquele que faz isso por mim. E finalmente estou bem com isso.

Espero que você esteja bem, e caso esteja se perguntando, estou indo muito bem agora.

Por Pucker Mob

Traduzido e Adaptado por Equipe Sábias Palavras

Imagem de Capa: Blake Cheek no Unsplash

VEJA TAMBÉM






Relaxa, dá largas à tua imaginação, identifica-te!