A adolescente de 18 anos e recordista havaiana de levantamento de peso Masina Tupea, estava em Nova Orleans com a sua família, quando em um de seus passeios de compras na loja Big Easy, um homem os atacou e tentou levar a bolsa da mãe dela.

Segundo informações do Hawaii News Now, o homem agrediu sua mãe e com a adrenalina e o impacto do momento, Masina teve o instinto de querer defender a família e foi atrás do agressor, identificado como Augustus Taylor, de 36 anos.

“Um cara vem correndo e dá um soco direto na cara da minha mãe. Ela caiu imediatamente”, conta Masina ao Hawaii News Now.

O assaltante, não percebendo que a jovem atleta o perseguia, foi empurrado e caiu no chão com a força que só um halterofilista pode ter. Eles lutaram e o homem deu um soco no rosto de Masina.

“Eu o agarrei e ele tentou me colocar em um carro, mas eu o joguei embaixo do carro e o prendi no chão. Ele me pediu para deixá-lo ir, mas eu disse a ele que ele mexeu com a família errada”, disse a jovem, que é recordista nacional de levantamento terra com 145 quilos.

Masina o segurou até a chegada da polícia, que prendeu o ladrão de bolsas e carteiras. Como resultado do ataque, a jovem ficou com um olho roxo e sua mãe teve uma luxação na mandíbula.

Do Havaí, parabenizaram a ação da jovem e a chamaram de “heroína” por deter o ladrão. “Se você for atingido, levante-se novamente. Isso foi uma coisa que senti, a importância de levantar de novo”, encerrou Masina.

A atleta não está incentivando as pessoas a reagir a situações de risco como essa, mas ela diz que você deve sempre permanecer vigilante e estar ciente do que acontece à sua volta. Nem sempre pode acabar com um final “heroico” como o dela. Mas fica a lição para o assaltante!

Imagem de Capa: Reprodução

VEJA TAMBÉM






Relaxa, dá largas à tua imaginação, identifica-te!

1 COMENTÁRIO

Comments are closed.