Se teve um dia cansativo ou sentiu mais stress e ansiedade, sentir menos apetite sexual é uma reação normal. Outra possível causa para a diminuição do apetite sexual é a insatisfação que sente na relação com o seu parceiro ou parceira: a relação está boa?

E existem muitas outras hipóteses, mas neste conteúdo vamos focar-nos em dicas práticas que podem ajudar a libertar a libido.

O autoconhecimento é essencial

Ter autoconhecimento é realmente muito importante para manter o apetite sexual e, até, para ter mais prazer nas suas relações sexuais.

Mas como trabalhar esse autoconhecimento? Deve conhecer-se nos mais diversos níveis: mental, físico e emocional. Esse processo de autoconhecimento pode ser demorado, mas irá fazer maravilhas na sua vida.

Por exemplo, sabe quais são as suas crenças limitantes e como essas afetam a sua libido? Se sexo sempre foi um tema tabu para si e não se sente confortável a falar sobre o mesmo com o seu parceiro ou parceira, talvez esteja na altura de desconstruir essa crença.

Além disso, conhece o seu corpo e como ele reage a determinados estímulos? Esse conhecimento também é importante e pode descobrir-se sozinho ou com o parceiro ou parceira.

Invista em novas técnicas para alcançar o prazer

Tem experimentado coisas novas? Por vezes, o problema está na rotina e na falta de inovação, mas, felizmente, existem dezenas de técnicas que podem ajudar.

Pode, por exemplo, partilhar as suas fantasias sexuais com o parceiro. Não poupe nos detalhes, diga-lhe exatamente como visualiza essa sua fantasia e, quem sabe, possa colocá-la em prática um dia.

Mas atenção, nem todas as fantasias têm de envolver um parceiro ou parceira, algumas podem ser só suas. Porque não fazê-las acontecer?

Além das fantasias, pode trazer novos brinquedos para a relação que, inclusive, podem ajudar a trazer algumas fantasias à vida.

O vibrador do ponto G, por exemplo, que pode encontrar com facilidade numa sexshop online, já é um clássico e garantidamente vai dar muito prazer. Os vibradores com sucção também a vão levar às nuvens e, inclusive, costumam ser um dos preferidos das mulheres. Já para homens, existem os masturbadores e os anéis penianos.

A estimulação começa antes de estarem juntos

A estimulação deve começar muito antes de estar com o seu parceiro ou parceira. E, felizmente, existe uma série de atitudes que se pode colocar em prática para começar essa estimulação, antes mesmo de estarem juntos.

Livros eróticos, filmes ou áudios eróticos são uma excelente forma de acender essa chama dentro de si. Usar uma roupa mais ousada também pode fazer maravilhas ao longo do dia, assim como manter a imaginação fértil.

Pode, ainda, comprar roupa íntima vibratória e ter uma estimulação constante ao longo do dia. E, para que haja um pouco mais de intimidade, porque não experimentar um brinquedo que possa ser controlado pelo seu parceiro através de uma app? Já existem opções no mercado.

Partilhem as fantasias, sem tabus

Já referimos a partilha de fantasias num ponto anterior, mas queremos falar um pouco mais sobre este tema.

Muitas pessoas não conseguem partilhar as fantasias com o parceiro e outras não o conseguem fazer nem consigo próprias. Portanto, para começar, o mais importante é trabalhar no seu autoconhecimento e eliminar qualquer crença que esteja a inibi-lo.

Além disso, tenha um contacto mais regular com livros e filmes que, aos poucos, fique mais confortável com a sua sexualidade.

Com o passar do tempo irá sentir-se mais confortável com as suas fantasias e, a partir daí, pode partilhar com o seu parceiro para que juntos as possam satisfazer. E, como referimos acima, não se esqueça de colocar em prática as fantasias que não incluem parceiro.

Tomar conta da saúde é imprescindível

E, por último, não se esqueça de tomar atenção à sua alimentação e praticar exercício com regularidade.

A sua dieta deve ser equilibrada para que consuma todas as vitaminas e nutrientes que precisa para manter o seu corpo saudável. Alguns alimentos, inclusive, melhoram a libido enquanto que outros podem afetar negativamente.

O mesmo acontece com a atividade física. Ao praticar um desporto com regularidade, irá libertar hormonas de bem-estar que irão facilitar não apenas o aumento do apetite sexual, como também o ter orgasmos.

Acreditamos que estas dicas vão fazer toda a diferença no seu apetite sexual e também na satisfação que sente com a sua vida sexual.

VEJA TAMBÉM






Relaxa, dá largas à tua imaginação, identifica-te!