Steffany Rafaela da Silva é uma menina de 11 anos que desde sempre gostou de estudar e ajudar os outros, sendo que, ainda mesmo antes de entrar na escola, uma das coisas que mais gostava de fazer era brincar de ensinar. Contudo, foi graças a uma amiga que começou a ensinar as crianças e que entretanto acabou por mudar de cidade, que Steffany decidiu continuar a “escola” no meio dos becos do seu bairro na comunidade Roda de Fogo, na zona oeste de Recife, contando já com 14 alunos mais novos que ela.

“Ela é assim desde pequena. Ainda muito nova, antes mesmo de entrar na escola, já gostava de brincar de ensinar. Cresceu e não mudou. Todos os dias está aí, em pé ou sentada no chão. Procura um cantinho mais limpo e seco, onde não tenha esgoto escorrendo e, com a maior paciência vai ensinando inglês aos meninos, contando historinhas, ajudando nas tarefas. Só não tem aula se chover, porque eles não têm onde ficar”, elogiou Cátia da Silva, vizinha de Steffany, ao Jornal do Commercio de Comunicação.

Mesmo sem cadeiras e mesas para se sentarem, as crianças juntam-se nos becos estreitos entre as casas e, sentando-se no chão, ouvem atentamente as aulas de Steffany que são preparadas diariamente mesmo em cima da sua cama. Esta não só explica actividades e ajuda nas tarefas da escola, como faz até mesmo provas para se certificar que os seus “alunos” realmente aprendem o que ela ensina, recompensando-os com doces.

Como o número de crianças a frequentar as suas aulas tem aumentado cada vez mais, Steffany pediu ajuda a uma amiga, ficando esta responsável pelos mais novos, e Steffany pelos mais velhos.

Ver também: Menino de 7 anos leva irmão mais novo para a escola para não faltar às aulas

A viver numa pequena casa TO com a mãe, Rafaela, que se encontra desempregada, Steffany conta com a solidariedade dos seus vizinhos e familiares para garantir que nunca falta material de estudo para as aulas, e confessa que o seu maior sonho era ter uma sala onde pudesse estudar com os seus amigos. “Nos becos a gente não consegue ficar quando chove e também preciso de um lugar para guardar o material e para organizar as aulas”, disse, emocionada.

Sem dúvida uma verdadeira inspiração para todos nós 👏

Fotos: Diego Nigro / JC Imagem

VEJA TAMBÉM




Sábias Palavras
Relaxa, dá largas à tua imaginação, identifica-te!