Você sabe que precisa se exercitar para manter o corpo em forma, mas sabia que a falta de movimento pode resultar em um distúrbio chamado de transtorno de déficit de exercício?

Esse termo refere-se a alguém que carece de níveis suficientes de atividade física. No entanto, se você adicionar exercícios à sua rotina diária suas chances aumentam de se manter saudável por muito mais tempo.

Se você não mexe seu corpo, não queima calorias e gordura, só acumula. É mais fácil pegar um saco de batatas fritas ou um refrigerante enquanto assiste aos seus programas favoritos ou joga videogame e, assim, nasce um estilo de vida sedentário.

Aqui estão cinco doenças comuns causadas pela falta de atividade física.

1. Transtorno de déficit de exercício causa diabetes tipo 2

2. Hipertensão

3. Doença cardíaca

4. AVC

5. Distúrbios de Saúde Mental como a ansiedade e a depressão.

Cinco exercícios que podem reverter o transtorno de déficit de exercício e ajudá-lo a viver uma vida mais longa e saudável

“O exercício oferece uma variedade notável de benefícios à saúde, que vão desde o fortalecimento dos ossos até efeitos positivos no humor e ajudando a prevenir doenças crônicas, como diabetes e doenças cardíacas. Pesquisas que datam do final da década de 1980 mostraram consistentemente que o condicionamento aeróbico pode ajudar a prolongar a vida.”

A ciência indica esses 5 exercícios que fazem você envelhecer mais devagar, experimente um mais deles:

É sugerido exercícios cardiovasculares e atividades de treinamento de força para um coração mais saudável e uma vida mais longa:

1. Caminhada: Um estudo em esteira mostrou aumento da saúde para participantes de todas as idades, de dezoito a oitenta. Sem esteira, sem problema. Coloque um par de sapatos resistentes e passeie pela vizinhança a pé.

2. Treinamento de banda de resistência: adicionar treinamento de resistência duas vezes por semana pode ajudá-lo a manter uma saúde melhor, fortalecendo seus músculos. As faixas de resistência são acessíveis e permitem que você treine em casa – sem custo extra para uma academia ou equipamento de peso volumoso.

A chave para o treinamento com bandas de resistência é a consistência – um estudo descobriu que um grupo de adultos mais velhos mostrou fragilidade geral reduzida após o uso de bandas de resistência após 24 semanas.

3. Treinamento Intervalado de Alta Intensidade (HIIT): Se você tem pouco tempo e é fisicamente capaz, um treino HIIT usa breves rodadas de atividade extenuante e curtos períodos de descanso em vez de treinos mais longos e sustentados. Um estudo mostrou que os participantes colheram os mesmos benefícios de saúde de um treino cardiovascular mais longo.

4. Natação: Você tem acesso a uma piscina? Em seguida, considere natação ou hidroginástica. A água protege você do impacto do exercício, tornando-a ideal para quem sofre de dores nas articulações. Um estudo também sugere que um mergulho regular pode diminuir a inflamação.

5. Andar de bicicleta: Andar de bicicleta pode fazer seu coração disparar. Mas uma ficha técnica do NIH observa que também fornece alívio do estresse, condicionamento físico geral e apoia metas de peso saudável – tudo necessário para uma vida mais em forma.

As pessoas estão ocupadas demais para dedicar tempo à saúde, mas isso tem um custo alto. O transtorno de déficit de exercício ainda não é uma condição médica, mas certamente está ganhando mais atenção dos profissionais da área da saúde.

Imagem de Capa: Freepik





Relaxa, dá largas à tua imaginação, identifica-te!