O ator decidiu mudar seu visual para o ano novo e recebeu várias críticas por colocar dreads.

O ator Caio Castro, antes de embarcar para sua viagem de curtição de Ano Novo com destino a Jericoacoara, Ceará, mostrou em suas redes sociais a sua transformação.

Caio mostrou todo o processo, que contou com uma mudança na tonalidade dos fios para uma cor mais clara e os dreads sendo feitos.

Dessa forma, o ator foi acusado de apropriação cultural, pois os dreads tem um significado e importância para a cultura preta.

Além disso, os dreaslocks além de ter a ligação direta com a cultura e estética negra, também é considerado um símbolo de resistência.

“O que a falta de uma aula de história não faz na vida de alguém, né?”, critica uma usuária no Instagram. “Depois de discutirmos tanto sobre apropriação cultural nos últimos anos. Ninguém está achando problemático, não?”, questiona outra.

É importante lembrar que vários ativistas da cultura negra já apontaram e debateram sobre a apropriação cultural que ocorre de diversas formas.

A questão principal não é o fato de o ator Caio Castro estar usando dreads e sim esses elementos terem a origem e o significado completamente esvaziados. Dessa forma, desvalorizando ainda mais a cultura negra.

Uma reflexão importante a se fazer é: por que um homem branco de dread é considerado “descolado” e um homem negro de dread é alvo de perguntas e comentários no mínimo inapropriados?

Imagem de Capa: Reprodução





Relaxa, dá largas à tua imaginação, identifica-te!