O mundo está cheio das pessoas mais cruéis e maldosas, capazes dos actos mais horríveis que possas imaginar, principalmente contra animais indefesos que infelizmente acabam muitas vezes por sofrer nas suas mãos.

Foi o caso de Poly, uma cadela de raça Pit Bull que foi abandonada num parque em Santa Maria, Califórnia, EUA, amarrada a um banco de jardim. Cega e desamparada, a cadela estava completamente aterrorizada por ter sido deixada sozinha pelos seus donos.

Felizmente, uma mulher não conseguiu ficar indiferente a tanto sofrimento e ao ver a cadela naquele estado, ligou para um centro de abrigo animal que rapidamente enviou uma equipa de resgate para buscar a pequena. Devido ao seu estado, a operação de resgate não foi muito fácil, pois esta recusava-se a sair do banco. Contudo, ao fim de algum tempo, conseguiram finalmente salvá-la e levá-la para o centro, onde foi automaticamente encaminhada para o veterinário.

Infelizmente, este diagnosticou-lhe um problema no coração que seria potencialmente fatal, todavia isso não foi motivo para desistirem da cadela. Por isso, após ter recebido tratamento adequado e recuperado as suas forças, Poly estava pronta para ser adoptada por uma família responsável, e foi então que o centro decidiu contar a sua história através de uma publicação na sua página do Facebook.

Em pouco tempo, a publicação já havia sido vista por milhares de pessoas, contudo, foi uma mulher chamada Jennifer Wales que acabou por se render a Poly, tendo decidido adoptá-la imediatamente.

Durante os seis meses seguintes, Poly pôde viver uma vida plena, cheia de alegria e muito amor – algo que possivelmente nunca havia recebido por parte dos seus antigos donos – que Jennifer fazia questão de partilhar com o Mundo através de uma conta no facebook que criou exclusivamente para ela, não só para dar a conhecer a sua história, como também para tentar ajudar outros animais na mesma situação.

Jennifer criou também um fundo para quem quisesse contribuir monetariamente para os seus tratamentos e cuidados de saúde constantes, devido ao seu problema cardíaco. Contudo, ao fim de seis meses, a sua doença levou a melhor e Poly acabou por falecer.

Ainda assim, a sua história continua a inspirar muitas pessoas por todo o Mundo e hoje em dia esse fundo é usado para ajudar outros animais que, infelizmente, tenham sido vitimas de abuso por parte dos seus donos, a receberem todos os cuidados que necessitam e até uma nova família que lhe possa dar todo o amor que merecem.

Este vídeo conta a sua história.

É triste saber que existem tantos outros animais na mesma situação que Poly, contudo, pessoas como aquela mulher que a viu no parque e ligou para o centro de resgate continuam a mostrar-nos que, no meio de tanta crueldade, ainda é possível acreditar que a bondade existe e que há que ter esperança que um dia terminem os abusos e maus tratos a animais indefesos que a única coisa que pedem é carinho e amor!

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS





COMENTÁRIOS




Sábias Palavras
Relaxa, dá largas à tua imaginação, identifica-te!