A Argentina foi a grande vencedora da Copa do Catar após uma emocionante disputa contra a seleção francesa.

Com um empate no tempo normal do jogo, a final foi para a prorrogação, mas também terminou com placar igual. A Argentina levou a melhor nos pênaltis e se tornou tricampeã mundial.

Capitão do time argentino e um dos maiores jogadores de futebol da atualidade, Lionel Messi levantou a taça com vestimenta árabe típica por cima do uniforme da seleção, chamando a atenção da mídia.

Instagram

Messi vestiu uma espécie de túnica com transparência preta e detalhes em dourado. Ele foi o único jogador a usar o bisht, como a vestimenta árabe é chamada, no pódio montado no gramado.

O bisht foi entregue a Messi por Tamim bin Hamad Al Thani, emir do Catar.

Segundo o portal Arab News, essa vestimenta de lã só deve ser usada por homens e varia de cores (branco e bege, em tons mais claro, e marrom, cinza e preto, mais escuros). Os bishts mais luxuosos são feitos com fios de ouro.

Originalmente, o bisht era usado no inverno pelos beduínos. Agora, a vestimenta é símbolo de status e só deve ser usada em ocasiões especiais como casamentos, festivais e formaturas.

“O bisht tem sido a escolha de roupas formais para políticos, estudiosos, religiosos e indivíduos de alto escalão nos países do Golfo Pérsico, Iraque e países ao norte da Arábia Saudita. Este manto esvoaçante tradicional destina-se a distinguir aqueles que o usam”, diz o Arab News.

Imagem de Capa: Instagram





Relaxa, dá largas à tua imaginação, identifica-te!