Qualquer pessoa que já trabalhou no setor de alimentação sabe que não existe um dia fácil no trabalho. E os principais motivos de ter um dia ruim não é por um desastre natural ou falhas de infraestrutura. Não, na maioria das vezes é simplesmente porque alguém está sendo um idiota.

Mas ninguém é um robô de suportar tudo sem sentir pelo menos frustração. Uma garçonete de um restaurante de Long Island, Estados Unidos, está simplesmente farta de clientes rudes e mal-educados.

Uma publicação no TikTik de Louis Cozzolino viralizou nas redes sociais onde mostra a mulher discutindo com um homem particularmente desagradável. Nas imagens, a garçonete diz ao cliente: “Honestamente, ninguém quer atender você. Estou pedindo com educação… Você poderia, por favor, ir embora? Você tirou uma xícara de café de nós, o que mais você quer?”

Reprodução

Pelo que é falado no vídeo, parece que ele mereceu ser mandado embora, e as pessoas presentes aplaudem a garçonete que defendeu toda a equipe.

O homem não identificado foi acusado de “ficar olhando e tentando conseguir os números de telefones” de um grupo de meninas antes de fazer um discurso homofóbico e sexista no restaurante onde Sondra trabalha servindo mesas. Louis Cozzolino, o homem que filmou tudo de sua mesa, explicou.

Depois de afastar o homem das garotas, a garçonete disse-lhe para ir embora porque os outros funcionários “também não queriam atendê-lo”.

Sondra ficou preocupada com as clientes adolescentes. O homem respondeu com comentários rudes com ela e com os outros convidados do restaurante. Ela lidou com a situação de forma surpreendente e todos ficaram orgulhosos com a atitude dela.

Depois que o homem se recusou a ir embora, Sondra deixou de ser educada com ele. “Vou chutar sua (…)… você não me assusta nem por um minuto. A maneira como você fala sobre pessoas que são lésbicas e crianças”, disse a garçonete.

Reprodução

“(…) Diga a quem se importa, você não é bem-vindo aqui”, gritou ela, apontando para a mesa de Cozzolino como testemunhas de toda a situação.

O homem então argumentou que Sondra tinha um preconceito contra ele e disse que ela se recusou a servi-lo “sem motivo” duas semanas atrás.

“Eu não queria servir você sem motivo? Você deu uma boa olhada no espelho?” ela respondeu.

Segundo Cozzolino, foi só depois que a polícia foi chamada e o dono da lanchonete se aproximou da mesa que o homem se ofereceu para sair antes dos policiais pudessem chegar.

@louiscozz

She did what every server has ever wanted to do to a rude ass customer #serverlife #serverproblems #restaurant #fyp #SimsSelves #MacysGiftTok

♬ original sound – Louiscozz

As pessoas adoraram a maneira como a garçonete lidou com a situação.

Imagem de Capa: Reprodução

VEJA TAMBÉM






Relaxa, dá largas à tua imaginação, identifica-te!