Estava eu ali parado pensando em todo desastre que estava vivendo, inúmeros problemas e dificuldades, a tristeza havia tomado conta, meus olhos escorriam lágrimas que transbordava a dor que estava sentindo naquele momento. Sentei em um banco de praça com vista para um jardim muito lindo, notei um jardineiro cuidadosamente a cuidar de cada flor, com atenção, carinho e um amor incrível de uma paciência inigualável.

Ele não sai por aí pegando qualquer flor para cultivar em seu jardim, normalmente seleciona as que gosta e as que já conhece para assim dar o melhor é receber também.

Eu aprendi muito com aquele jardineiro, sem que ele soubesse que eu existia, porque ele me ensinou que podemos nos ferir tentando cuidar do que mais amamos e mesmo assim continuar, com paciência, dedicação e amor.

Selecione as pessoas que quer a sua volta para evitar sofrimentos desnecessários, cultive sempre com seu melhor e acima de tudo veja além do que elas fizeram hoje, mas no que podem fazer e nos seus frutos futuros.

Levantei-me do banco e com uma nova chama de esperança e uma lição aprendida: somos responsáveis também pelo que permitimos que nos aconteça através de quem deixamos estar e crescer ao nosso lado.

Por: Marciano Almeida

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS





COMENTÁRIOS




Sábias Palavras
Relaxa, dá largas à tua imaginação, identifica-te!