Existe uma altura na vida em que necessitamos de estar apenas conosco próprios. Essa altura da vida chama se auto descoberta pessoal.

É nessas mesmas alturas que procuramos algo que nos faz falta. E não. Não quero dizer que estamos fartos do mundo e dos outros, mas sim existe algo que nos falta e que nao encontramos nos outros mas em nós mesmo.

Isso chama se amor próprio, chama se paz interior.

E muitas vezes temos que nos desligar do mundo para encontrarmos isso.

Sim eu sou solteiro, não porque falta de oportunidade, mas porque necessito de gostar de mim primeiro para gostar de alguém depois.

Sou simples, sou humilde e sou tímido, ha quem diga que sou especial, ha quem diga que eu não presto, mas cada um tem a sua opinião e eu tenho a minha.

Ha alturas da vida que temos que fugir da nossa área de conforto, dos nossos amigos, e seguir uma aventura sozinho.

E foi nessa mesma viagem que descobri quem eu sou, uma pessoa forte, confiante, aventureiro e acima de tudo livre.

Foi nessa viagem que fiz sozinho que testei as minhas capacidades sociais, as minhas capacidades individuais.

Foi ai que descobri o que realmente sou.

Todos nós devemos descobrir quem realmente somos, e só “fugindo” da rotina é que realmente conhecemos os nossos eu.

Eu nao preciso de esconder o que sou, eu viajo sozinho, eu saio sozinho, eu falo sozinho, eu crio desafios e cumpre os sozinho, porque eu aprendi a gostar de mim.

Eu não preciso de estar 100% ligado a uma pessoa para mostrar o que sou e que gosto dela, eu não preciso estar sempre a dizer que estou aqui para os outros saberem.
Eu nao preciso dos outros pra sair e me divertir.

Por muitas das vezes estar grande parte da vida, atrás dessa atenção dos outros que acabei por nem sempre receber, comecei a procurar em mim essa atenção e cobrir essas ausência dos outros na minha vida.

É ótimo ter amigos, é espetacular termos família, é super bom ter uma pessoa especial, mas melhor mesmo é gostarmos da nossa companhia quando os outros não estão conosco.

Não cries dependência apenas dos outros, nao vives em prol dos outros, isso não te faz bem, pelo contrário vai criar em ti uma dependência que pode te fazer perder a tua autoestima.

Aprende a gostar de ti, aprende a ser o teu par de vez enquanto, aprende a ser feliz.

Não tenhas medo, pega em ti próprio e vai viajar, vai conhecer o mundo, cria a tua aventura, cria a tua amizade contigo, aprende a amar-te.

Porque no dia que tu encontrares a tua paz interior, no dia que gostares de ti mesmo, apenas a tua opinião te vai afetar, tudo o resto vai te complementar.

Lembra te de algo, se for para gostar de ti, gosta de ti 51% porque o resto na vida deve ser para te complementar e não para te dominar.

Ser feliz conosco próprio é aproveitar a vida mesmo sabendo que quando os outros te deixaram de lado, tu não vais deixar de fazer algo que te deixa feliz, porque sabes que gostas da tua própria companhia para seguires em frente.

Por: Abel Barbosa

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS





COMENTÁRIOS




Abel Barbosa
Olá, eu sou o Abel tenho 28 anos e sou um aventureiro por natureza Gosto muito de passear, de estar com amigos, de ir ao cinema e de ouvir música, e claro sempre que possível gosto de me aventurar e de viajar. Sou uma pessoa meiga, sentimentalista, amiga de todo o mundo e sempre pronto a ajudar quem precisa. Gosto de escrever sobre aquilo que sinto, mesmo que muita vezes não tenha assim muita piada, mas sinto me bem ao desabafar o que me vai na alma através da escrita :)